Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 11jul

    FOLHA ONLINE

    sem documentos...

    sem documentos...

    >>>/Um vídeo gravado por dois auxiliares diretos do prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB), para tentar desqualificar denúncias de irregularidades na campanha eleitoral que reelegeu o tucano em 2008, acabou por levantar mais suspeitas sobre a existência de um suposto caixa dois na campanha.

    O vídeo foi gravado pelo procurador-geral do município, Ivan Bonilha, e pelo diretor de Transportes da URBS (empresa municipal que administra o transporte coletivo), Fernando Ghignone. Na gravação, eles conversam com o ex-gerente comercial da construtora Piemonte, Rodrigo Oriente.

    Oriente trabalhou em um comitê de apoio a Richa em 2008. Foi ele quem levou à Procuradoria Regional Eleitoral, no fim do mês passado, a acusação de que esse comitê supostamente recebeu recursos de caixa dois –o que detonou uma crise na administração tucana.

    A Piemonte, empresa de loteamentos que atua em Curitiba, pertence a holding Plenaventura e foi a terceira maior doadora da campanha de Richa em 2008. Nas eleições daquele ano, Ghignone era o coordenador financeiro da campanha de Richa e Bonilha era o advogado tucano da campanha.

    Com mais de três horas de gravação, o vídeo registra conversas entre eles e Oriente em 10, 11 e 13 de junho deste ano.

    As gravações foram feitas no escritório da distribuidora de livros de Ghignone. No dia 22, quando a acusação de caixa dois chegou ao jornais, o PSDB divulgou uma edição de 11 minutos do vídeo, em que Oriente fala que existia ”pressão” de opositores de Richa para que as denúncias fossem feitas.

    A íntegra do vídeo, no entanto, mostra que Oriente também citou na conversa uma série de outros supostos casos de corrupção na Prefeitura de Curitiba e de fraudes na arrecadação de IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) para alimentar a campanha tucana.

    Oriente afirma a seus interlocutores que enumerou 26 casos de crimes ambientais e urbanos em depoimento ao Nurce (Núcleo de Repressão ao Crime Econômico), órgão da Polícia Civil do Paraná.

    ANALISANDO  :- Quem imagina que o assunto do suposto caixa 2 da campanha de Beto Richa está exaurindo-se, engana-se. Todo dia,  mais detalhes pinçados cuidadosamente. Mais tiros no pé com o vídeo gravado pelos assessores do prefeito, com Rodrigo Oriente.

    Mais gente dando explicações.  A bem da verdade, o senhor Oriente que não imagine que só conversa convence. Precisa-se de materialidade. Cadê os documentos que disse que tinha? Desistiu de apresentar? Está com medo? Está na hora de explicar. Ou sai de fininho, cara pálida!



    Publicado por jagostinho @ 18:54



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

6 Respostas

WP_Cloudy
  • Alex Prado Disse:

    Nem vai dar tempo, jota. Vem mais escandalos por aÍ! isso é fichinha perto do vai vir.

  • igor Disse:

    porra. achem outras coisa do Beto pois isso ja ta ficando chato demais. Quero ver sangue !!!

  • flavio Disse:

    esse oriente é um pilantra. Extorquidor. Ele e o Alex

  • mariana Disse:

    po oq o beto fez pra vc. Só pega no pé dele Jota. Tá certo que ninguem é santinho. Mas só ele?

  • Douglas Disse:

    oriente e fábio camargo. Que dupla hein?

  • josué Disse:

    é douglas ! e do outro lado Feltrin e doatico. Só bagrinho querendo arranjar algum hahahah

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.