Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 26ago

    G1 – Globo.com

    Sen. Arns - R$ 66 mil de atrasados

    Sen. Arns - R$ 66 mil de atrasados

    O senador Flávio Arns (PT-PR) vai repassar R$ 66 mil aos cofres do PT para deixar o partido. Pelo estatuto do partido, parlamentares devem contribuir com o equivalente a 20% de seus salários líquidos com o caixa do PT. Arns não fazia o repasse de sua contribuição desde 2007. O salário mensal de um senador é de R$ 16.609.

    O senador afirmou ao G1 que pediu para o partido fazer o levantamento após ter decidido deixar a legenda, embora diga que há decisão de tribunais superiores contra a cobrança de percentuais. Arns disse que não vai reclamar na Justiça contra o pagamento. O senador decidiu sair do PT após o partido apoiar o arquivamento de ações contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), no Conselho de Ética da Casa.

    Segundo ele, essa é uma questão administrativa estatutária com a qual concordou quando entrou no PT. No entanto, ele afirmou que vai recorrer ao TSE para verificar a possibilidade de manter o mandato, apesar de a legislação eleitoral determinar que o mandato eletivo pertence ao partido, de acordo com a lei da fidelidade partidária.

    “Eu vou pedir a desfiliação na Executiva municipal [o senador é filiado ao PT de Curitiba]. A partir daí, o partido tem 30 dias para requerer o mandato. Aí vamos fazer um debate no TSE [Tribunal Superior Eleitoral]”, disse.

    Arns afirmou acreditar que tem “grandes chances” de manter o mandato. “No meu ponto de vista, a infidelidade não foi minha, mas do partido ao seu programa. Isso pode abrir uma jurisprudência importante para o Brasil”, disse.

    O senador disse ter sido procurado “por quare todos os partidos, do governo e da oposição” em busca de sua filiação. No entanto, ele disse que vai esperar. “Quero separar os dois momentos. O atual momento é de debate da questão nacional. Depois, com calma, a [questão] pessoal, o que fazer. Mas essa questão pessoal é secundária”, declarou.



    Publicado por jagostinho @ 09:10



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • Marcão Disse:

    Caro mesmo. Mas demorou hein Sr. Arns? O Sr. está bem longe da ideologia do PT !

  • assis Disse:

    Esse Arns nunca foi PT. Vergonha é a ONG da Zilda Arns. Disso ele não fala nada?

  • bernardo Disse:

    oportunista. Antes, no mensalão fikou kietinho. Tira o Mandato dele PT!

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.