Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 07out

    ASSESSORIA DE IMPRENSA DO PT/PR

    Presidente do PT participa de reunião para discutir “Minha Casa, Minha Vida”

    "aumentar o prazo"

    "aumentar o prazo"

    Gleisi Hoffmann, presidente do PT do Paraná, participou nesta quarta-feira (7) da primeira reunião do grupo de trabalho formado para discutir o atendimento do programa “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal, para municípios com menos de 50 mil habitantes.
    O grupo de trabalho, criado por sugestão da presidente do PT durante debate realizado no Crea no dia 11 de setembro, é formado por representantes da Caixa Econômica Federal,  Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Sindicato da Indústria da Construção Civil no Paraná (Sinduscon-PR), CREA-PR, Instituto de Consultoria, Treinamento e Certificação, além de representantes de municípios com menos de 50 mil habitantes.
    O principal assunto da reunião foi a Portaria Interministerial Nº 484, publicada em 28 de setembro que prevê que os municípios com até 50 mil habitantes encaminhem projetos no máximo 30 dias contados de sua publicação para serem contemplados pelo programa habitacional do Governo Federal.
    “Uma das primeiras deliberações que tivemos e pela qual eu fiquei responsável foi a de conversar com o Ministério das Cidades e com o Ministério do Planejamento para que as prefeituras possam aumentar o prazo de 30 para 90 dias para apresentar junto ao Ministério das Cidades, o projeto de construção de moradias do “Minha Casa, Minha Vida”, comentou Gleisi Hoffmann, lembrando que essa regulamentação seja válida para os municípios com menos de 50 mil habitantes. “Nessa semana, irei conversar com os ministros Paulo Bernardo e Marcio Fortes, e também com a assessoria da Presidência da República para que possamos conseguir essa dilatação no prazo”, completou.
    Outro encaminhamento da reunião  foi o de iniciar um processo de sensibilização dos bancos privados para entrarem também como gestores financeiros do programa habitacional .“Hoje apenas a Caixa Econômica Federal faz isso. Então a nossa ideia é conversar com esses bancos, para que eles possam desenvolver ações focadas no financiamento e portanto, possam também atender o público de baixa renda”. Além disso, junto com a Associação dos Municípios do Paraná (AMP) foi tirado um calendário, com início neste mês de outubro, para a realização de reuniões com as 11 Associações Regionais de Municípios para discutir o programa “Minha Casa, Minha Vida”.
    “Essas reuniões vão ter a participação do CREA, do Sinduscon, da Caixa, da Cohapar e do Governo do Estado e servirão para esclarecer os prefeitos e seus técnicos de como vai se dar o programa habitacional para os municípios com menos de 50 mil habitantes e também qual são as outras alternativas que a Caixa Econômica tem em termos de financiamento”, finalizou Gleisi.

    Publicado por jagostinho @ 19:29



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • alberto Disse:

    essa gleisi sabe usar o cargo pra fazer campanha. Mas é gente boa. Já teve meu voto e vai ter de novo

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.