Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 11mar

    REUTERS

    Eike Batista, o brasileiro de 52 anos de idade nascido em Governador Valadares (MG), que

    Eike - vendendo apólices de porta em porta

    emplacou o posto de oitavo homem mais rico do mundo, segundo a revista Forbes, começou sua vida profissional vendendo apólices de seguros de porta em porta.

    Isso foi na Alemanha, em meados da década de 1970, quando Eike Batista cursava engenharia metalúrgica na Universidade de Aachen.

    Não que ele precisasse disso para se manter. Seu pai, Eliezer Batista, foi presidente da Vale. Mas Eike gostava da ideia de tentar se manter independente financeiramente.

    Devido à carreira do pai, de quem herdou o perfil empreendedor e o gosto pelo setor de mineração, passou o início da adolescência em países como Suíça, Alemanha e Bélgica.

    Depois de formado, voltou ao Brasil na década de 1980 e começou a trabalhar com ouro e diamantes. Tornou-se o principal executivo da canadense TVX Gold, que propiciou o início do relacionamento com o mercado de capitais global.

    Na década de 1990, iniciou a diversificação dos seus negócios e buscou empreendimentos fora do país, concentrando-se posteriormente na América Latina.

    Depois dessa fase, porém, preferiu concentrar os esforços da EBX, a “holding” que congrega várias empresas, no Brasil, na crença de que o país “é um dos melhores lugares do mundo para se fazer negócio”.

    Entre 2004 e 2008 o empresário criou, estruturou e abriu o capital das empresas MMX (mineração), MPX (energia), OGX (petróleo) e LLX (logística), levantando recursos recordes de US$ 7,1 bilhões junto a investidores brasileiros e estrangeiros para investir no desenvolvimento dessas companhias.

    A próxima empresa prevista para ir para a bolsa será a OSX, dedicada a construir grandes embarcações principalmente para o setor de petróleo. A empresa poderá captar até quase R$ 10 bilhões.

    Antes de ficar conhecido como empresário, Eike ganhou exposição na mídia por se tornar o marido, e depois o ex-marido, da modelo e eterna musa do Carnaval carioca Luma de Oliveira.

    Separado desde 2004, Eike é pai de dois filhos adolescentes, Thor e Odin.

    Além de um dos patrocinadores principais da campanha do Rio de Janeiro pelas Olimpíadas, para a qual doou cerca de R$ 23 milhões, Eike foi notícia no mundo recentemente ao doar US$ 7 milhões para as obras sociais da cantora Madonna, recebida pelo empresário em visita ao Rio este ano.

    Eike gosta de correr, nadar e de lanchas. Em 2006, completou as 220 milhas náuticas entre Santos e Rio de Janeiro em tempo recorde, a bordo do Spirit of Brasil.

    Publicado por jagostinho @ 16:39



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.