Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 07abr

    BLOGG DO JOSIAS DE SOUZA/FOLHA ONLINE

    O governador pernambucano Eduardo Campos, presidente do PSB, desembarca nesta quarta (7) em Brasília.

    Sua agenda tem um pedaço oficial e outro paralelo. No oficial, o governador terá um encontro com o ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann.

    No paralelo, reúne-se com parceiros de direção partidária. Vai à mesa a ‘quase-futura-talvez-quem-sabe’ candidatura presidencial de Ciro Gomes.

    Ao informar sobre o naco semi-oculto da agenda do governador, o vice-presidente do PSB, Roberto Amaral, disse que Ciro não tomará parte da conversa.

    Mas o que diabos pode ser decidido? “Não posso falar agora”, Amaral desconversou.

    Ecoou uma incerteza que o próprio Eduardo Campos manifestara, há três dias, em Recife: “A gente não tem nada definido. Tudo é possível”.

    A depender da vontade de Lula, Ciro já é um ex-candidato. Para auxiliar o PSB em sua decisão, o presidente cuidou de isolar seu ex-ministro.

    Ciro se segura como pode. Tomado por declarações que deu ao sítio  Jangadeiro Online, o deputado ainda se considera no páreo:

    “Até maio, a gente resolve essa situação, mas eu continuo e sou candidato a presidente”. Lamentou que a “mídia nacional” não o esteja levando a sério.

    Perguntou-se a Ciro se o agastamento com o PT poderia conduzi-lo a uma composição com o tucano José Serra. E ele: “É mais fácil o boi voar”.

    Resta agora saber o que fará o PSB. As pretendidas parcerias com PDT e PCdoB foram para o espaço. Os dois partidos aninharam-se no colo de Dilma Rousseff.

    Às voltas com um projeto avulso, o PSB combinara com Lula que o futuro de Ciro seria definido em março. Depois, a coisa escorregou para abril. Agora, Ciro fala em maio.

    Para utilizar a linguagem do candidato, o PSB parece esperar que a galinha crie dentes para, só então, assumir como sua uma candidatura que, hoje, é só de Ciro. E de cerca de 12% do eleitorado.

    Publicado por jagostinho @ 16:31



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • fabinho Disse:

    esse Ciro é um imbecil. Não fala mais desse cara Jota. Carta fora do baralho.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.