Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 21abr

    G1

    Morales - discurso polêmico

    O presidente da Bolívia, Evo Morales, abriu nesta terça-feira (20) uma conferência mundial de 20 mil ativistas para discutir propostas contra o aquecimento global e difundir uma mensagem clara: “ou morre o capitalismo, ou morre a Terra”.

    “O capitalismo é sinônimo de inanição, o capitalismo é sinônimo de desigualdade, é sinônimo de destruição da mãe Terra. Ou morre o capitalismo, ou morre a Terra”, afirmou o presidente, na inauguração do evento no povoado de Tiquipaya, vizinho a Cochabamba, região central da Bolívia.

    Em um campo de futebol diante de milhares de pessoas, o presidente disse que só os movimentos sociais do mundo, unidos a povos indígenas e intelectuais, “podem derrotar esse poder político e econômico (capitalismo), em defesa da mãe Terra”.

    Morales também disse que os homens devem evitar comer frango se querem manter seus cabelos e sua virilidade. Ele argumentou que os produtores de frango injetam hormônios femininos nas aves, e, portanto, homens que comem frango industrializado têm problemas de masculinidade.

    “O frango que comemos está cheio de hormônios femininos. Por isso, quando os homens comem esses frangos, têm desvios no modo como são homens”, disse.

    Ele também disse que comer frango demais por muito tempo pode tornar os homens carecas.

    Produtores de frango na Europa, nos EUA e em vários outros países já abandonaram o uso de hormônios, e a prática é proibida em vários países do Ocidente.

    Morales também disse que a Coca-Cola é prejudicial.

    Durante três dias, Tiquipaya se tornará no centro de uma conferência mundial de aborígenes e movimentos sociais de 129 países, celebrada para debater uma proposta para enfrentar as mudanças climáticas, que será apresentada na próxima Conferência Climática da ONU, agendada para o fim deste ano, no México.

    Morales assumiu, em dezembro passado, o compromisso de organizar uma reunião mundial da sociedade civil, após criticar, junto a colegas de Venezuela, Nicarágua e Cuba, as conclusões da Conferência do Clima de Copenhague que, segundo ele, não obteve o consenso mínimo necessário para conter o aquecimento global.

    Publicado por jagostinho @ 16:58



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • sestomano Disse:

    esse é o cara que a Bolívia merece. Mas que é um ignorante isso é!

  • geovana Disse:

    cara de pau. Frango e coca cola não pode. Mas cocaína pode né? Se ligue mané!

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.