Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 23jun

    Osmar - palanque fortíssimo

    A aliança PT/PDT/PMDB, com Osmar candidato ao governo, será anunciada nas próximas horas. Só que agora, os ítens principais já estão definidos. Pequenos detalhes serão resolvidos até as convenções dos partidos.

    Cada um pode achar o que quiser do senador Osmar Dias. Afinal, ele é um homem público e, assim, sujeito a julgamentos a todo momento. Está incluído no preço de quem envereda para a política.

    Para meu gosto, Osmar exagerou na dose. Até Jó, na sua santa paciência, se por cá estivesse, não suportaria tanta espectativa.

    Mas, não adjetivo o senador pedetista como indeciso. Muito pelo contrário. Foi um grande estrategista.

    Queira-se ou não, há que se reconhecer isso. Só os atingidos pelos tapas de luva  de Osmar, não concordarão comigo.

    Alguém imagina como estarão sentindo-se um Rossoni, um Beto Richa, principalmente estes dois, que foram frigidos, aos poucos, pela tática de Osmar?

    Foram até o fundo do poço em sua subserviência. Dizem alguns, que Beto Richa pagou o preço por desmentir um respeitado senador da República. Teve o troco merecido.

    A resposta negativa de Lupi à consulta do PDT/PR, Osmar sabia desde a convenção nacional, do dia 12 de junho. Mesmo assim, ele mandou um ofício para Brasília, no dia 17.

    Este pedaço de papel foi engulido de forma indigesta pelos tucanos, na sua convenção de sábado passado. Mais um direto no fígado.

    E, numa última tentativa, nestas últimas horas, num desesperado esforço, tentaram mais uma cartada: candidatura avulsa de Osmar e  o PSDB com um candidato só para o senado. O tal do acordo branco. Coisa manjada.

    Ora gente, Osmar tem muitos quilômetros rodados na estrada da vida política.

    Não seria ingênuo de correr riscos como candidato a senador, sem estrutura, sem tempo de TV e com a contrariedade de seus companheiros de partido, candidatos a estadual e federal.

    Se assim fosse, uma candidatura solo pelo PDT, na lógica mais simples, teria sentido, se fosse ao governo do estado.

    Mesmo esticando o tempo até a exaustão de todos, Osmar teve do governador Pessuti o despreendimento, ao desistir da reeleição, visando um projeto maior, deixando de lado possíveis e naturais vaidades pessoais e focado no que seria melhor para o seu partido.

    Quanto à sua insistência até a undécima hora para que Gleisi fosse sua vice, percebeu a tempo que um vice do PMDB era mais sensato para o grupo todo.

    Com isso, saiu ileso de uma situação que poderia colocá-lo isolado, caso PT e PMDB resolvessem tocar o projeto sozinhos.

    Quem arquiteta uma configuração desta, com tantos componentes e tantas variáveis, pode ser chamado de indeciso?

    Para mim, foi um golpe de mestre.

    Com Lula e Pessuti no palanque de Dilma, Osmar, com o vice do PMDB (ponho minhas fichas no Caíto Quintana), e ainda Gleisi e Requião para o senado, convenhamos, é uma chapa fortíssima.

    O final desta história será contado pelo povo do Paraná, no próximo mês de outubro.



    Publicado por jagostinho @ 07:32



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

17 Respostas

WP_Cloudy
  • Tweets that mention http://208.113.167.84/?p=18584utm_sourcepingback -- Topsy.com Disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by . said: […]

  • Serpa Disse:

    Prezado JA
    Sua análise é perfeita, faz todo o sentido. É o melhor caminho para o Osmar, que tem todas as chances para se elegar, inclusive com o meu voto. Pena que esta composição vá ajudar um bufão como este Requião. Sei que você é amigo dele [do Requião], mas isso faz parte da democracria e do livre arbítrio. Temos que respeitar as escolhas de cada cidadão.
    Um abraço.

  • do interior Disse:

    o governo Lula está ótimo, e o chapão formado no Paraná faz parte deste governo e como diz o ditado, em time que está vencendo não se mexe

  • Marcelo Tradzoki Disse:

    Perfeito como sempre nos comentários.
    Essa foi uma jogada de mestre, muito bem elaborada. Mesmo que tenha sido ‘sem querer’.

    Os Tucanos estão malucos, pois perderam tempo correndo atrás do Osmar e agora não tem um palanque forte e consolidado, sem contar que alguns nanicos podem mudar de lado.

    Ricardo Barros é um que deve ficar de fora das eleições dado o “Ficha Limpa”, então, não tenho medo de dizer que essa eleição será resolvida em primeiro turno.

    Só estou em dúvida se o “CHAPÃO” vai conseguir levar as duas vagas de Senado. Tenho certeza que dessa vez a Gleisi será eleita, mas o Requião pode ficar no fio da navalha, tudo depende dos seus adversários.

    E Jota, pode escrever aí, o PSDB vai levar mais uma porrada na cabeça… Fruet não vai sair candidato a Senador.

    Tudo isso por causa da pressa e vaidade do Betinho, e seu fiel escudeiro Rossoni.

  • Nelson Disse:

    Quero só ver a cara do pessoal do PSDB (Rossoni, Beto, e até do Zukinho do PDT), além do Romanelli, e do Curi. Eles nunca imaginavam que osmar iria ser candidato a Governador.Afinal o Beto , estava torcendo porque não teria adversario. Agora o Beto terá que prorrogar seu projeto de ser governador para não quando….Osmar Governador, Gleise e Requião para o Senado, e Dilma para Presidente.

  • César Teixeira Disse:

    OXALÀ!!!
    Mas, e sempre tem um, ainda hà ressalvas, principalmente quanto a junção do PMDB nas proporcionais. De resto, o resto. Livres da playboyzada do Mossungue.

  • Valmor Stédile Disse:

    A foto impressiona, mas não convence. Uma legenda explicando a ocasião do evento ajudaria, afinal se estamos falando em grande aliança entre PDT, PT e PMDB a presença do ex-governador Roberto Requião poderia melhorar o humor do presidente Lula.

  • Jacob Disse:

    Parabens Jota. Vc adiantou quase tudo isso no ano passado. Por isso já no tempo de rádio era o melhor. Agora como Blogueiro está sendo um show. Enquanto outros estão desmoralizados.

  • Henrique Favoro Disse:

    queria saber como os $abios de campanha vão falar. Vc matou a pau. Hj o melhor analista político. Parabens.

  • Nascimento Disse:

    Será que vc acerta o vice tambem??? Quero ver. KKKK

  • Teo Disse:

    Osmar Dias é amigo pessoal de Beto Richa, se engana quem acha que vai haver truculência e trocas de tiros pesados nessa campanha, a civilidade e a forma de pensar de ambos, já faz um bem para o Estado do Paraná, tão mal tratado nestes últimos 15 anos, então a decisão que fica a critério do povo paranaense, sem dúvida alguma será melhor para o nosso Estado, seja com Beto ou com Osmar, ambos representam mudanças na forma truculenta de administrar. Novos tempos e rumos de prosperidade estão a caminho de nosso Estado, e que a união e o interesse geral do nosso Paraná seja a mira dos postulantes ao cargo.

  • marcelo Disse:

    Osmar vai trair sua base de eleitores. Aliança com PT não dá. Quero ver a FAEP fazer campanha pro Osmar. Perderá uma enormidade de votos no interior. CTBA já é Beto. Trabalho contra e de graça. E ainda sou filiado do PDT.

  • Ivan Carlos Disse:

    Jota, concordo plenamente com a sua análise, apenas acrescento que com essa composição o senador poderá vencer as eleições já no primeiro turno.

  • Gilmar Disse:

    Só não gosto muito do Requião, mas essa é a chapa vencedora. Se não me engano, vai ser a primeira vez que teremos Presidenta, Governador, e 3 senadores trabalhando pro estado do Paraná, antes sempre alguém puxava pra outro lado.
    Parabéns Jota, cada dia aprendo a te admirar mais.

  • Dannyboy Disse:

    Ué passou a tarde e não achei anuncio nenhum!!
    Cadê???

  • marcelo Disse:

    Estranho mesmo. A foto não é de hoje não. Olha o cabelo da Dilma.

  • Deco Disse:

    O Senador Osmar Dias falou que se o seu irmão Álvaro for candidato a vice de José Serra, ele disputará avulso o Senado, e essa é sua palavra final!!!!!!! Será……

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.