Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 25jun

    ARTIGO DE SYLVIO SEBASTIANI

    A Assembléia Legislativa do Paraná, com seus 54 deputados, estão atravessando uma Legislatura nunca vista, na História do nosso Paraná.

    A população paranaense está até constrangida de informar qual o deputado que votou na última eleição.

    Conhecendo bem o Poder Legislativo do nosso Paraná, sou a toda hora indagado, para relatar os acontecimentos, e o que virou a nossa politica, pois todos são atingidos, por esse furacão, que está destruindo a vida do Estado.

    Não adianta alguns deputados pretenderem arrumar desculpas, uns até chegam ao absurdo de inscrever seus nomes, para pedir o afastamento da Mesa Diretora, da Comissão Executiva, mas todos são participantes de todos os Atos da Mesa Diretora, ou direta ou indiretamente, até por “omissão”, pois têm o dever, a obrigação de saber, tomar conhecimento do que acontecia e acontece, no Poder Legislativo que é integrante, faz parte, recebe vencimentos e vantagens, foram eleitos pelo povo para isso.

    Portanto essa posição adotadas por estes “tipos”, faz transparecer que a população paranaense é idiota, é  ignorante dos acontecimentos acorridos, denunciados através da imprensa livre e séria, que não não vínculo com as Verbas do Poder Legislativo, o que é comum no nosso Paraná.

    Mas vamos à realidade, à raiz dos acontecimentos. Remexendo em meus arquivos, constatei diversas declarações de membros da Comissão Executiva, divulgadas na imprensa, com a finalidade exclusiva de esconder os acontecimentos dentro da Assembléia Legislativa do Paraná, para que a população não tomasse conhecimento da realidade, ou para ser mais objetivo, não tivesse acesso as  “improbidades administrativas”realizadas em nosso, ou melhor, no Poder Legislativo, deles, deputados, pois até nos parecia, ter sido “privatizado.

    Vamos as provas! No inicio do ano 2001 a Assembléia Legislativa divulgava que tinha demitido, 300, depois foi para 800, depois foi para 1000,quando na realidade foram mais de 2 mil servidores celetistas demitidos “por determinação do Juiz do Trabalho da 4a, Vara de Curitiba, através do MANDADO n°75/2000”. Sendo a maioria destes, “fantasmas”.Assim já demonstrava o que havia de irregularidades no Poder.

    O Ministério Público obriga a Assembléia a mostrar a lista dos demitidos. Nada aconteceu. Disse ter aberto Inquérito. Nada aconteceu. O jornalista Reinaldo Bessa em sua coluna no jornal O Estado do Paraná, cobrou por diversas vezes. Nada aconteceu.

    O então Presidente da Assembléia Legislativa, deputado Hermas Brandão, aproveitou a oportunidade para aparecer frequentemente na imprensa, com suas promessas de “arrumar” a Assembléia Legislativa. No jornal O Estado do Paraná de 04 de fevereiro de 2001, entre outras, declarou:

    ”Desde o dia 1° de fevereiro o controle diário de freqüência está sendo registrado através de livro-ponto sob responsabilidade dos chefes de setores”. Nada aconteceu. Ainda disse:”A Assembléia não pode continuar sendo um “bico”! Para os profissionais”.

    Ele admitia os Fantasmas. Vejam o que disse o Presidente Hermas Brandão na mesma entrevista: “A frota que serve à casa também deve ser limitada a 110 veículos, para atender os deputados”. Tinha 193 veículos e ele admitia ter “no máximo 110 para atender os 54 deputados”.

    Vamos, têm muita coisa ainda. Em 5 de fevereiro de 2001, ele afirmou à Gazeta do Povo:”A Assembléia deverá ficar com pouco mais de 600 servidores, entre os estatutários e os que adquiriram  estabilidade, por força da Lei  Estadual 10219, de 21 de dezembro de 1992”.

    Nesta Lei eles admitiram ”estáveis”, mais de 500 servidores, muitos “Fantasmas”. O jornalista Suez Nogueira, do jornal Trovão Azul, assinou um comentário, mostrando os erros existentes, disse ele em certos trechos:”Minha gente é de babar o avental da podridão. Esposas, filhos e sobrinhos de deputados, desembargadores, prefeitos, vereadores”.

    Concluindo ele ainda disse; “se precisar de nossas denúncias, estaremos prontos para fazê-las”.

    Agora, as promessas que deveriam ser realizadas e não foram. Diversos jornais divulgaram entrevistas do Presidente Hermas Brandão, com promessas e mentiras, uma delas:”Mudanças administrativas no Legislativo.

    A  principal delas é o novo Plano de Cargos e Salários. A Fundação Getúlio Vargas está elaborando o plano, que deverá ser implantado ainda este ano, mudando a carreira dos mais de mil empregados da Assembléia”. Esta  declaração do Presidente Hermas Brandão, “foi publicada em 17 de novembro de 2002”.

    O Presidente Hermas Brandão governou a Assembléia Legislativa de 2001 até 2006. Neste período, junto com seus 1°s.  Secretários, deputados Valdir Rossoni e Nereu Moura, responsáveis pela administração da Casa, que se deu a “bagunça” na Assembléia Legislativa do Paraná.

    Portanto, não estou aqui pretendendo inocentar o atual Presidente Nelson Justus, pois ele manteve o mesmo modelo, mas lembrar, recordar o início e acrescentar os 1°s  Secretários, que inclui agora o deputado Alexandre Curi.

    Não tendo em seu período de mandato de seis anos,realizado sua promessa de  um contrato com a Fundação Getúlio Vargas ou a Universidade Federal do Paraná, de elaborar um Plano Administrativo para a Assembléia Legislativa, poderia o atual Presidente deputado Nelson Justus ,realiza-lo ainda neste ano, pois somente assim poderá entregar “em ordem” a Assembléia Legislativa do Nosso Estado do Paraná, para a próxima Legislatura”.

    Presidente Nelson Justus, as medidas adotadas, com os Diretores atuais, comprometidos com o “nepotismo” deles próprios, já demonstram  a continuidade da atual situação, não correspondendo com o anseio da população,  demonstrado diariamente  através de publicações em jornais, e mesmo sentindo esse desejo, de ver a revolta popular chegar à represália.

    Além de que, no próximo mês de outubro serão realizadas as eleições para renovação do Poder Legislativo do Paraná, poderá chegar à extenuação total, dos atuais deputados.

    Publicado por jagostinho @ 15:00



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

4 Respostas

WP_Cloudy

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.