Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 28jun

    PORTAL RPC

    Considerando que o anúncio de Alvaro como vice de Serra é um factoide, delegados petistas e peemedebistas, em vez de aproveitar as convenções estaduais partidárias realizadas neste domingo para anunciar as candidaturas e composições, aprovaram apenas uma carta branca dando aos diretórios estaduais dos dois partidos plenos poderes para resolver, até a data limite de quarta-feira, prevista pela Lei Eleitoral, quais devem ser os candidatos e as coligações.

    O PDT já havia dado carta branca à executiva estadual em sua convenção, realizada no início do mês.

    O anúncio de que a decisão final seria mais uma vez adiada veio depois de uma sequência de quatro reuniões – em que cada indicativo de acordo era sucedido de uma nova reviravolta.

    Em 24 horas, da manhã de sábado à manhã de domingo, aconteceram sinalizações de consenso que não se confirmaram. O senador Osmar Dias (PDT) chegou a dizer que seria candidato ao governo, com o apoio do PMDB e do PT.

    Depois, o governador Orlando Pessuti (PMDB) declarou que seria candidato em uma chapa pura. Uma coletiva de imprensa para anunciar a decisão foi aventada, mas não realizada.

    O primeiro encontro ocorreu na manhã de sábado e se estendeu até a tarde. Depois de uma pausa para o almoço, as tratativas recomeçaram e foram interrompidas no início da noite. Logo após retomadas, persistiram sem solução até a madrugada de domingo.

    Já na manhã de ontem, com as convenções já abertas, uma nova conversa foi marcada, às pressas, tendo por “molho” duas reportagens que embolaram ainda mais as negociações.

    Osmar teria citado as declarações dadas pelo irmão que aparecem em reportagem da Gazeta do Povo de domingo:

    “Vai pesar para o Osmar o fato de que é a primeira oportunidade que o Paraná tem no âmbito nacional de ocupar um lugar de destaque. Ele certamente terá constrangimento em impedir que isso ocorra”, disse Alvaro.

    Já a revista Veja, que circulou no fim de semana, trouxe uma reportagem em que Pessuti é acusado de ser funcionário fantasma da Assembleia Legislativa do Pa­raná.

    Para peemedebistas ouvidos pela reportagem na convenção, a indicação de Alvaro não parece fazer sentido.

    “Primeiro, tinha de ser alguém do Nordeste, para reforçar a candidatura de Serra onde ele tem menor intenção de voto. Se não fosse possível, pela ordem, deveria ser uma mulher ou alguém do Democratas”, especula o deputado federal Osmar Serraglio.

    O deputado estadual Caíto Quintana foi ainda mais enfático na avaliação do que chamou de factoide.

    “Eu acho que o que está emperrando é um blefe de que o senador Alvaro será vice do Serra. Isso não nos constrange de forma nenhuma mas cria uma dificuldade para o PDT, já que o Osmar é irmão do Alvaro. Por isso, a gente quer dar um tempo, já que estão brincando com isso, que confirmem o Alvaro então, o que acho que não vai acontecer”, declarou.

    Publicado por jagostinho @ 10:40



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

7 Respostas

WP_Cloudy
  • Tweets that mention http://208.113.167.84/?p=18849utm_sourcepingback -- Topsy.com Disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by . said: […]

  • Teo Disse:

    Quem participou da convenção do PSDB em Goiania no sábado deve saber o que foi a presença do Álvaro Dias naquele evento, ele não só é o candidato a vice do Serra, como está dando ânimo e sacutindo os correligionários do PSDB, logicamente ele seguirá a posição e determinação de José Serra, mas caberá a ele Álvaro fazer o papel que bem ele sabe fazer que é o de líder das oposições, o próprio Álvaro falou que o DEM está na dele de questionar sua presença, mas a verdade é que face aos escândalos sofridos em Brasília com a história do DEM, não a nomes fortes suficientes para serem unanimidades, terá que engolir o Álvaro Dias ou ficarão sem espaço algum, pois bem sabe que uma candidatura do DEM solitária não prospera, então o DEM vai apoiar o Álvaro que já está trabalhando e de mangas arregaçadas junto com Sérgio Guerra, José Serra, PTB, PPS e cupula do PSDB, hoje terá uma reunião dos caciques do partido onde farão as definições de extratégias até o final de semana, quem acha que o Álvaro não é vice de Serra prepare-se pois pela primeira vêz na história do Paraná teremos uma pessoa tão perto do cargo maior do nosso país.

  • César Teixeira Disse:

    Concordo. Mas, e sempre tem um, vamos por partes.

    É instinto de defesa, bem caracterizado no Requião: tudo o que você não consegue entender, saber, decifrar, aliar-se, destrói.

    No nosso caso, nosso digo, paranaense, é a nossa famosa autofagia, que no episódio dos irmãos Dias, pela indecisão, pela falta de objetividade e principalmente pelo bico tucano (de ambos, diga-se de passagem), torrou o saco de todos os espectadores/leitores/eleitores, inclua aí os que torcem contra, a favor, que gostam, desgostam, que querem, que não querem, que tem interesses e os desinteressados. Pois bem, agora chegando a esse ponto, todos os que espectavam um propósito ideológico ou só político mesmo, já não exergam veracidade nas intenções Diístas que não se dar bem. Bem na grana, bem no poder, bem na fita.

    Seria, muito bom, seria muito legal, seja de que matiz for, o Paraná ter um vice-presidente da República, mas (outro) desde que seja EU. Foi assim, é assim, será assim.

    Para os mais entendidos na matéria, Álvaro não será vice, mas (olha ele aí de novo), Osmar também não será governador, mesmo que saia candidato, mesmo que se eleja, mesmo que tome posse, mesmo que governe, pois a ele faltará sempre a decisão dos grandes. Para um líder, as marias vão com ele, não ele com as outras.

    Firmeza: constância; persistência; fixidez; segurança; estabilidade.

    E aí, Osmar! Firmeza?

  • Clovis Pena - O preço ! Disse:

    É previsível o custo de uma eventual derrota de Serra, para alguns aqui do Paraná !

  • Jorge Disse:

    A imprensa nacional não parece levar a sério a candidatura Alvaro, pois nada soma a Serra. Não é de Partido aliado, não é de região geográfica complementar, não é mulher, não é negro, não é nada. Apenas é um “fac simile” do candidato principal, apenas com cabelos (se verdadeiros ou falsos, não sei).

    Por outro lado, que tal esse discurso forte e inflamado de Alvaro contra Lula chegando aos ouvidos dos nordestinos e nortistas, onde o Presidente chega a ter mais de 90% de aprovação? Renderá votos? Virará o jogo?

    Continuo achando que a candidatura de Alvaro é um factóide.

    E por esse factóide, Osmar se autopulverizou.

  • ELISA MUSSI Disse:

    JOTA, acredito que o Alvaro não dara mil votos á mais para o Serra.De um lado teriamos BETO ALVARO E OSMAR de outro REQUIÃO PESSUTI E LULA q VC ACHA?

  • Teo Disse:

    Serra defendeu agora a pouco o Senador Álvaro Dias perante entrevista ao Jornal do Brasil, e falou que a questão com o DEM já está superada! Bom para a caminhada que se inicia da campanha!

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.