Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 21jul

    AGÊNCIA ESTADO

    A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, defendeu ontem à noite os movimentos sociais no encerramento do evento em que o PSB lhe entregou as propostas para seu programa de governo.

    “O governo é uma instituição que tem que ser de e para todos. Portanto, quando você considera os movimentos sociais, vai ver que representam uma parte da sociedade. Não podem ser reprimidos, recebidos a bordoadas ou criminalizados”, sustentou.

    Entretanto, ela afirmou que quando cometem ilegalidades, e nos casos em que o Estado de Direito tenha de se impor, os movimentos devem responder por isso. Ao final, observou que considera “injustificável” a falta de diálogo com os movimentos sociais.

    E defendeu que esses movimentos sejam tratados como “questão social”, e não como “caso de polícia”.

    No documento entregue a Dilma, o PSB defende o fortalecimento dos movimentos sociais.

    Nesse quesito, o partido se refere, especificamente, ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), defendendo o aumento do diálogo, o fim da repressão e o reconhecimento no “atraso na promoção da reforma agrária”.

    Na terça-feira da semana passada, em um encontro com a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Dilma foi pressionada pela entidade a recolocar em sua plataforma de governo propostas que afrouxam as punições para os invasores de propriedades privadas.

    “Para avançar é preciso reafirmar e qualificar as metas previstas no 2.º Plano Nacional de Reforma Agrária, atualizar os índices de produtividade e revogar as medidas aprovadas pelo governo FHC (Fernando Henrique Cardoso) que criminalizam a luta pela terra e suas organizações”, sustenta um trecho do documento que foi entregue pela Contag à candidata.

    O MST é alvo de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) em andamento no Congresso Nacional. O colegiado investiga o suposto repasse de recursos públicos a entidades ligadas à organização. Num cochilo dos governistas, a oposição conseguiu aprovar a prorrogação dos trabalhos até o dia 13 de janeiro de 2011.

    Publicado por jagostinho @ 09:04



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • Tweets that mention Jota Agostinho » Arquivo do Blog » DILMA CRITICA CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS -- Topsy.com Disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by Jogo do Poder Paraná, Jota Agostinho. Jota Agostinho said: DILMA CRITICA CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS – http://bit.ly/djvJIV […]

  • LINEU TOMASS Disse:

    Jota.
    Não é bem assim. Há casos em que há crime de ONGs. fantasmas, que recebem milhões e repassam a grana para o MST, E PARA O BOLSO DE LADRÕES DA REPÚBLICA, E NÃO CUMPREM OS PROGRAMAS QUE DEVERIAM FAZER. LÍ UMA REPORTAGEM QUE NA CIDADE DE ITAPEVA SP, HOUVE UM CASO DESTES, DE NO MÍNIMO UMA ROUBALHEIRA COM DESVIO DE NOSSA GRANA PARA O MST. ABAFAM TUDO. O PT HOJE É ESPECIALISTA NO JOGO DO BAFO, OU MELHOR, DO “ABAFA”.

    Temos sim que criminalizar AS CENTENAS DE ONGS FANTASMAS, QUE NÃO PRESTAM CONTAS DE NOSSA GRANA. O GOVERNO É FROUXO E PROTEGE MUITA GENTE, POIS HÁ CONIVÊNCIA E MUITOS INTERESSES DENTRO DO PRÓPRIO GOPVERNO FEDERAL. A toda semana tem denúncias na mídia destas ONGs. fajutas.

    A Dilma que me desculpe. Ela foi governo e não fiscalizou essas MARACUTAIAS, e agora vem com esse papo de que, “não podemos….”. “Dilma, eu posso sim criminalizar quem comete crime, e FIM ! ”
    As. LINEU TOMASS ( http://www.lintomass.wordpress.com )

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.