Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 24jul

    GLOBO.COM

    O custo médio de abertura de empresas no Brasil é quase o dobro do da Colômbia e mais de seis vezes o do Canadá, segundo mostra pesquisa divulgada nesta sexta-feira (23) pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

    Segundo o levantamento, o custo médio no Brasil é de R$ 2.038, ante R$ 1.213 na Colômbia, R$ 315 no Canadá e R$ 559 na Rússia.

    O valor também varia 274% entre os estados brasileiros, sendo o mínimo na Paraíba (R$ 963) e o máximo em Sergipe (R$ 3.597).

    Apenas o custo do alvará sanitário pode representar até 41% do total das despesas de abertura.

    A pesquisa “Como Facilitar a Abertura e Legalização de Empresas no Brasil”, divulgada em documento pela instituição, considera as empresas abertas em 2008, quando o gasto total no Brasil com a abertura de negócios foi de R$ 430 milhões.

    “Se as nossas taxas fossem semelhantes às dos outros países do grupo dos Brics, esse gasto teria sido de R$ 166 milhões”, informa o estudo.

    A sigla Brics refere-se ao grupo de países emergentes que inclui Brasil, Rússia, Índia e China.

    Variações regionais

    Além do custo elevado, a pesquisa mostra uma diferença significativa de despesas entre as várias regiões do país.

    O custo da autenticação de cópias de documentos em cartórios varia 307% – o Rio de Janeiro é o Estado com o maior preço (R$ 183) e a Bahia tem o menor (R$ 45).

    Ainda de acordo com o estudo, a cobrança da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para o advogado dar vistas ao contrato social não tem regras.

    Algumas regionais da OAB determinam honorários em função do capital social, enquanto outras observam o tipo de sociedade.

    Há ainda casos em que é cobrado um valor fixo. Esse custo varia 1.241%, chegando a R$ 2.681 em Santa Catarina.

    Segundo o documento da Firjan, em todas as taxas foram encontradas grandes variações entre os estados brasileiros.

    O valor cobrado para registro de empresas nas Juntas Comerciais, por exemplo, varia 567%.

    Já a taxa para obter alvará do Corpo de Bombeiros varia de R$ 72 (Acre) a R$ 2.442 (Sergipe). A média nacional é de R$ 665.

    A Firjan destaca ainda o tempo estimado para abertura de empresas no Brasil.

    Os procedimentos burocráticos passam por seis a oito etapas, com o pagamento de 12 a 16 taxas e a emissão de 43 documentos.



    Publicado por jagostinho @ 16:32



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.