Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 25jul

    PORTAL RPC

    Para o cientista político Émerson Cervi, professor da Universidade Federal do

    Cervi - cientista político da UFPR/Foto:Rodolfo Bührer

    Paraná, a primeira pesquisa Datafolha/RPC da campanha oficial para o governo do Paraná mostra um quadro apertado entre Osmar Dias (PDT) e Beto Richa (PSDB). Segundo o professor, o levantamento indica que a aposta de Osmar de só sair candidato se tivesse o apoio do PT e do PMDB foi acertada.

    A pesquisa, divulgada nesta sexta-feira pela RPC TV e neste sábado pela Gazeta do Povo, mostrou empate técnico entre os dois candidatos, dentro da margem de erro de 3 pontos porcentuais para mais ou para menos. Richa apareceu com 43% das intenções de voto, contra 38% de Osmar. Paulo Salamuni (PV) teve 1%. Disseram estar indecisos 14%. Brancos e nulos somaram 3%.

    O que a pesquisa revela sobre o quadro eleitoral do Paraná?

    Essa situação de empate técnico mostra uma certa recuperação da campanha de Osmar Dias. Beto Richa vinha fazendo trabalho no interior do estado há vários meses e tinha diferença maior no período pré-eleitoral. Nas pesquisas da época, Beto aparecia com cerca de 10 pontos porcentuais de vantagem. Tudo indica que os arranjos políticos e as coligações acabaram favorecendo Osmar. Aparentemente, a decisão de deixar o anúncio da candidatura para a última hora, esperando apoio de PT e PMDB, foi uma estratégia acertada. Provavelmente o fato de Osmar estar perto de Richa seja consequência da entrada do PMDB, que tem o maior número de prefeituras no Paraná e tem o governo do estado.

    É possível identificar alguma tendência?

    É provável que os dois permaneçam nessa situação de empate técnico até o início do horário eleitoral gratuito [em agosto]. Eu costumo dividir uma eleição em três períodos. O primeiro vai desde quando a campanha começa até o início do horário eleitoral gratuito. O segundo são as três semanas iniciais do programa de tevê. E o terceiro, a reta final, as duas semanas antes da eleição. Pelo menos nesta primeira fase, o empate deve persistir.

    O empate técnico pode levar a uma maior agressividade na campanha?

    Eu acho difícil [haver agressividade] diretamente entre os dois candidatos. Eles são muito parecidos, estão no mesmo lado do espectro político e estiveram juntos em eleições passadas. Acredito que um só deve subir o tom contra o outro se a eleição chegar perto do final empatada.

    As últimas eleições no Paraná têm sido sempre apertadas. É uma tendência?

    Essa eleição estadual, assim como as últimas, será polarizada. Foi assim entre Osmar e Roberto Requião em 2006. E entre o Requião e o Jaime Lerner, em 1998 – nesta, como nem havia uma terceira via, a eleição acabou sendo decidida no primeiro turno, mesmo havendo uma diferença pequena de votos entre os dois.

    O que vai decidir a eleição? Será o horário eleitoral gratuito?

    O horário eleitoral gratuito é importante para definir os conteúdos que serão discutidos na campanha. O que vai definir o voto não é o marketing nem o horário eleitoral. O que dá o voto no Paraná é o apoio das lideranças, dos prefeitos, dos deputados. Se o governo do estado estiver empenhado em eleger Osmar e conseguir transferir apoio, ele ganha mais força. Outro fator importante e que ainda não está claro é se haverá uma “federalização” da campanha. Ou seja: se o apoio dos candidatos a presidente será ou não fundamental.

    * * * * * *



    Publicado por jagostinho @ 09:29



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

5 Respostas

WP_Cloudy
  • Tweets that mention Jota Agostinho » Arquivo do Blog » “O QUE DÁ VOTO NO PARANÁ É O APOIO DAS LIDERANÇAS” -- Topsy.com Disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by João Pignata Saura , Jota Agostinho. Jota Agostinho said: "O QUE DÁ VOTO NO PARANÁ É O APOIO DAS LIDERANÇAS" – http://bit.ly/cp1bHM […]

  • Teo Disse:

    Em São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul o número dos que não votariam de jeito nenhum num aliado de Lula supera o dos que votariam com certeza.
    Fernando Rodrigues na Folha de S. Paulo
    Presidente mais popular desde o retorno do país à democracia -com 77% de aprovação, segundo a última pesquisa Datafolha-, Luiz Inácio Lula da Silva tem influência limitada na eleição para governador nos três Estados com mais eleitores.
    Segundo o levantamento, realizado pelo instituto do dia 20 ao dia 23 em parceria com a TV Globo, o petista influi decisivamente sobre apenas cerca de um terço do eleitorado na escolha dos governadores de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
    Pela primeira vez no atual processo eleitoral, o Datafolha perguntou aos eleitores de sete Estados e do Distrito Federal se o apoio de Lula os faria votar num candidato ou se os faria não votar.
    Em São Paulo, só 24% responderam afirmativamente. Em Minas Gerais, o percentual é de 27%. No Rio, 31%. Esses três Estados juntos reúnem 56,4 milhões de eleitores (41,5% do país).
    Em nenhuma eleição estadual nem na presidencial a influência de Lula sobre os eleitores chega perto da sua taxa de popularidade.

  • Polaco da barreirinha Disse:

    Par alguns caras tudo o q os outros escrevem a favor do candidato deles é a verdade absoluta. O lula nem veio ao sul depois que as candidaturas foram definidas. Ele vem para arrasar e pela primeira vez no sul o PT vai ganhrar. È só esperar.

  • Ester Disse:

    Querer negar que Lula vai ter influencia em todo o Brasil para eleger Dilma é de uma burrice histórica. O povo está com o presidente que mudou este país. Os mais ricos não vem pq nunca passaram necessidades.Mas a maioria do povo Brasileiro sabe que a vida de cada um mudou nesses 7 anos e meio. O Brasil mudou. Só não ve quem não quer.

  • Rapadura nordestina Disse:

    Se quem vai decidir são as lideranças , eu pergunto: quem é a maior liderança que o brasil já teve? Lula. quem ele apoiar , vai ganhar. O resto é desespero de perdedor.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.