Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 30jul

    JORNALE/EDSON FONSECA

    Embora a pesquisa Vox Populi/Band/iG aponte a liderança do candidato do PSDB, Beto Richa, na corrida pelo governo do Paraná, a distância de apenas 5 pontos para o candidato Osmar Dias (PDT) é motivo de alerta para os tucanos, segundo especialistas ouvidos.

    Além de contar com o apoio incondicional do presidente Lula, que negociou pessoalmente a candidatura do PDT no Estado, o apoio ex-governador Roberto Requião (PMDB) é considerado estratégico para Osmar Dias, segundo os analistas. Requião governou o Paraná por oito anos e deixou o cargo no início do ano para concorrer a uma vaga ao Senado na chapa encabeçada por Dias.

    Os dois se enfrentaram na última eleição para o governo estadual e Requião saiu vitorioso do pleito com uma diferença de apenas dez mil votos.

    “Embora Requião esteja preocupado com a própria eleição ao Senado, Richa tem pela frente uma dobradinha forte que pode ser potencializada pela propaganda de TV a partir de 17 de agosto”, diz o cientista político Rubens Figueiredo, diretor do Cepac (Centro de Pesquisa em Comunicação) de São Paulo.

    Na opinião de Figueiredo, o fato de Requião ter ocupado a cadeira de governador nos últimos dois mandatos ajudou a dar visibilidade para sua chapa.

    “Embora a transferência de votos ainda seja difícil de ser comprovada até agora, ela costuma ser mais eficaz quando diz respeito diretamente de governador para governador, ou de prefeito para prefeito”, analisa o cientista político.

    As alianças feitas por Osmar Dias significam que o candidato poderá contar com a ajuda do bom momento da economia e da valorização dos salários, já que o pedetista integra a chapa considerada “governista”, diz o professor Ricardo Oliveira, da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

    De acordo com ele, a eleição paranaense está intimamente ligada à situação do País há vários anos: “As curvas de crescimento de Dias coincidem com a evolução da presidenciável do PT, Dilma Rousseff. Assim como Richa, Serra já esteve muito mais distante de Dilma no Paraná. Os dois cenários mostram que a eleição plebiscitária traçada para a corrida presidencial tem se refletido do Estado”, lembra Oliveira.

    A Vox Populi/Band/iG divulgada na quarta-feira mostra que Serra está oito pontos à frente de Dilma Rousseff no Estado.

    No início do ano essa diferença chegava a 30%. Considerando a margem de erro da pesquisa, que é de 3,5%, Dilma tem quase os mesmo índices de intenção de voto que Osmar Dias, candidata ao governador.

    “A eleição paranaense caminha para um plebiscito entre prós e contras ao projeto que o governo federal desempenhou nesses oito anos”, analisa o professor da UFPR.

    Mesmo com o cenário de alianças desfavoráveis, os analistas são unânimes em afirmar que as chances do Beto Richa se concentram em sua popularidade como prefeito de Curitiba e sua imagem de político jovem e competente.

    “A atuação dele na prefeitura foi muito positiva e aceita pelo eleitorado. Sua vitória no 1° turno das eleições de Curitiba mostra que ele é um político forte e popular na capital e na região metropolitana”, diz Oliveira.

    Publicado por jagostinho @ 10:33



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

6 Respostas

WP_Cloudy
  • Tweets that mention Jota Agostinho » Arquivo do Blog » CIENTISTA POLÍTICO DIZ QUE TUCANOS DEVEM FICAR ALERTAS -- Topsy.com Disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by Ronald, ELIZEU_ARAUJO and Jônatas Ferreira, Jota Agostinho. Jota Agostinho said: CIENTISTA POLÍTICO DIZ QUE TUCANOS DEVEM FICAR ALERTAS – http://bit.ly/9gpCqr […]

  • Teo Disse:

    Até hoje, Requião insiste em dizer que quase perdeu a eleição para Osmar Dias em 2006 por conta do apoio de Lula no último round, o que lhe teria surrupiado milhares de votos. Verdade? Mais uma bravata do mestre do engodo?
    Requião acredita que a aposta que a campanha do senador Osmar Dias faz na vinda de Lula a Curitiba para produzir uma virada no quadro, amplamente favorável ao candidato tucano Beto Richa na capital e Região Metropolitana, pode ser um equívoco. Ou até um tiro no pé.
    O ex-governador se socorre de Alberto Carlos Almeida, autor de “A Cabeça do Eleitor”, que adverte que não se deve contar com a transferência de votos. Observa que se tal transferência é um fenômeno duvidoso quando um governante bem avaliado indica um sucessor (caso de Lula com Dilma Rousseff, quando pode usar o argumento da continuidade), ele simplesmente não funciona quando se refere à outra instância de poder (Lula, presidente, indicando Osmar para governador).
    No caso de Curitiba a aposta de Osmar é de altíssimo risco. Detalhamento da pesquisa Vox Populi produzida de 17 a 20 de julho, indica que só 15% dos eleitores de Curitiba votariam com certeza em um candidato indicado por Lula. Em contrapartida 15% não votariam em hipótese alguma nesse candidato indicado pelo presidente. Ou seja, a identificação com Lula tende a não agregar um único voto para Osmar.

    Até hoje, Requião insiste em dizer que quase perdeu a eleição para Osmar Dias em 2006 por conta do apoio de Lula no último round, o que lhe teria surrupiado milhares de votos. Verdade? Mais uma bravata do mestre do engodo?
    Requião acredita que a aposta que a campanha do senador Osmar Dias faz na vinda de Lula a Curitiba para produzir uma virada no quadro, amplamente favorável ao candidato tucano Beto Richa na capital e Região Metropolitana, pode ser um equívoco. Ou até um tiro no pé.
    O ex-governador se socorre de Alberto Carlos Almeida, autor de “A Cabeça do Eleitor”, que adverte que não se deve contar com a transferência de votos. Observa que se tal transferência é um fenômeno duvidoso quando um governante bem avaliado indica um sucessor (caso de Lula com Dilma Rousseff, quando pode usar o argumento da continuidade), ele simplesmente não funciona quando se refere à outra instância de poder (Lula, presidente, indicando Osmar para governador).
    No caso de Curitiba a aposta de Osmar é de altíssimo risco. Detalhamento da pesquisa Vox Populi produzida de 17 a 20 de julho, indica que só 15% dos eleitores de Curitiba votariam com certeza em um candidato indicado por Lula. Em contrapartida 15% não votariam em hipótese alguma nesse candidato indicado pelo presidente. Ou seja, a identificação com Lula tende a não agregar um único voto para Osmar.

  • Jayr Aleluia dos Santos Disse:

    Po Jota , não aprova mais esses cometários quilométricos de caras que querem aproveitar o sucesso do seu blog, para aparecer. Poupa a gente Jota desses caras. Por favor.

    Sobre esta materia pode se dizer o seguinte: se conselho fosse bom não se dava. Se vendia. Pronto. Aprendeu Teozinho?

  • Vitor Disse:

    Como escreve bem esse Téo. Até parece cabo eleitoral pago pelo PSDB para divulgar o partido e seu candidato Beto Bicha. Parabens!!!

  • Movimento Nacional Pela Valorização do Voto-MONAV Disse:

    MOVIMENTO NACIONAL PELA VALORIZAÇÃO DO VOTO – MONAV
    Na luta contra a fraude e a corrupção eleitoral

    VOTE BEM – OS DEZ NÃOS

    1º – Não deixe de votar, valorize o seu voto

    2º – Não vote contrariando a sua opinião, o seu voto é secreto

    3º – Não vote para contentar parentes ou amigos, escolha o melhor candidato

    4º – Não venda o seu voto, garanta a sua liberdade de escolha

    5º – Não troque o seu voto por favores, o seu voto é livre e soberano

    6º – Não vote sem conhecer a capacidade e o programa do candidato

    7º – Não vote sem conhecer a competência e o passado do candidato

    8º – Não vote sem conhecer o caráter do candidato, o seu voto merece respeito

    9º – Não deixe nenhuma pesquisa mudar o seu voto, use de sua firmeza

    10º – Não vote em candidato com Ficha Suja, deve ser Ficha Limpa

    ESCOLHA BEM NA HORA DE VOTAR

    http://www.monav.com.br

  • Cientista Político diz que tucanos devem ficar alertas « Diário de um Professor de Ciências Sociais Disse:

    […] CIENTISTA POLÍTICO DIZ QUE TUCANOS DEVEM FICAR ALERTAS […]

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.