Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 08fev

    SMCS

    A Prefeitura de Curitiba deu início às obras do Anel Viário, que vai melhorar o fluxo do transporte público e do trânsito da cidade.

    As equipes começaram a trabalhar nesta segunda-feira (7) na reforma das calçadas das ruas Lysímaco Ferreira da Costa, Augusto Severo e Julio Perneta e em obras viárias na Teffé.

    “Esta é uma obra que vai melhorar o fluxo de veículos, principalmente para o transporte coletivo. O anel viário, que integra as obras da Copa de 2014, trará mais segurança para pedestres e motoristas. É mais uma obra da cidade do futuro “, diz o prefeito Luciano Ducci.

    As equipes contratadas pela Secretaria Municipal de Obras Públicas estão construindo as novas calçadas das ruas Lysímaco Ferreira da Costa (entre as ruas Mateus Leme e Nilo Peçanha), no Centro Cívico, Augusto Severo (entre a Nicolau Maeder e Barão de Guaraúna), no Alto da Glória, e Julio Perneta (entre a Roberto Barroso e Mamoré), nas Mercês.

    Na rua Teffé, no Bom Retiro, também está sendo retirado o bloqueio viário e relocadas árvores. Serão plantadas 142 árvores na rua.

    Por causa da construção das novas calçadas, estão previstos bloqueios parciais nas ruas em obras, durante o trânsito do maquinário.

    “O início das obras pelas calçadas diminui o impacto sobre o trânsito da cidade e traz mais segurança aos pedestres”, explica o secretário municipal de Obras Públicas, Mario Tookuni.

    As obras do Anel Viário são feitas pela Prefeitura de Curitiba em parceria com o governo estadual, com recursos do Fundo de Desenvolvimento Urbano (FDU). Serão investidos R$ 36 milhões nas obras.

    Anel Viário – A obra do Anel Viário prevê a revitalização do pavimento, das calçadas e a adequação da sinalização semafórica em 25 quilômetros de um conjunto de ruas que formam um anel ao redor do centro de Curitiba. O objetivo é melhorar a mobilidade e a acessibilidade em toda a região central.

    Passando por oito bairros – Rebouças, Alto da XV, Alto da Glória, Centro Cívico, Bom Retiro, Mercês, Batel e Água Verde – o Anel Viário vai ajudar a desafogar o trânsito na área central com deslocamentos mais seguros e contínuos.

    Os motoristas poderão até percorrer distâncias maiores, mas os tempos de deslocamentos serão menores e eles encontrarão mais fluidez. No sentido horário, o Anel Viário terá 11,6 quilômetros de ruas e no sentido anti-horário, outros 13 quilômetros.

    Publicado por jagostinho @ 11:15



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.