Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 11fev

    Assessoria de Imprensa/ Dayane Hirt

    Ao defender as medidas de contenção de gastos anunciadas nesta quarta-feira (9) pelos ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Miriam Belchior, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) elogiou o fato de os cortes atingirem basicamente as despesas de custeio, não recaindo sobre os investimentos e ações sociais.

    Ela observou que o ajuste fiscal é uma resposta firme do governo ao superaquecimento da economia e ao crescimento da inflação.

    A senadora lembrou que o aquecimento da economia se deve às ações do governo de estímulos econômicos concedidos durante a crise mundial de 2008/09.

    Gleisi Hoffman registrou que as medidas de desoneração tributária, de incentivo ao crédito e de redução de juros aumentaram o consumo interno e evitaram que o Brasil entrasse em uma rota de prejuízos econômicos.

    “ Tenho ouvido a oposição falar que nós fizemos o estelionato eleitoral. Nós dissemos na eleição, que vivíamos um momento mágico e ainda vivemos um momento mágico. E é por esse momento que essas medidas são importantes. Quando tivemos a crise, o Estado entrou com recursos, com investimentos, fez gastos e garantiu que o Brasil não afundasse na crise”,  afirmou Gleisi Hoffmann.

    Agora, na avaliação de Gleisi Hoffmann, é o momento de o governo adotar uma medida anticíclica.

    A equipe econômica, frisou a senadora, não pode permitir que a inflação contamine o equilíbrio, pois um aumento de juros impactaria negativamente no orçamento e na economia.

    A senadora pediu a compreensão de deputados e senadores para os cortes que deverão ser promovidos nas emendas parlamentares.

    “ Sei da importância que as emendas têm para os municípios e estados que as recebem e para nós, parlamentares. Mas também sei que os investimentos estruturantes que mudam a vida das pessoas na ponta não são as emendas parlamentares, mas programas como Minha Casa, Minha Vida e o Programa de Aceleração do Crescimento”,  declarou a senadora.

    Publicado por jagostinho @ 09:23



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.