Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 12fev

    Paraná Online/Roger Pereira e Elizabete Castro

    Osmar:- "Eu não sou candidato a nada em 2012."

    Sem mandato há onze dias, o presidente estadual do PDT, ex-senador Osmar Dias, recebeu, nesta sexta-feira, a visita do ex-ministro José Dirceu, provocando novas especulações sobre uma possível entrada do pedetista no governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

    Porém, nem Dirceu nem Osmar confirmam que o assunto tenha feito parte da conversa mantida na casa do pedetista, em Curitiba.

    “Essa questão, eu não tenho nenhuma participação. Não sou do governo, sou dirigente do PT. E também não o vi preocupado com isso”, afirmou Dirceu, que disse ter tido apenas uma discussão genérica sobre a política.

    “Eu conversei com o senador Osmar Dias, mas sobre política. Sobre a nossa relação, sobre a nossa aliança, nosso interesse de continuar trabalhando com ele, uma grande liderança do Paraná. Perdeu a eleição, mas não perdeu a imagem que carrega com ele e como temos o PDT como aliado e o Osmar como uma das principais lideranças de nossa aliança no Paraná, vim visitá-lo e trazer um abraço do Lula a ele”, desconversou.

    Observador

    Antes da conversa com Dirceu, Osmar disse a O Estado que não há o que dizer a respeito de participação ou não no governo Dilma.

    “Estou cuidando das minhas coisas. Não recomecei minhas atividades políticas”, afirmou Osmar, que concorreu ao governo no ano passado apoiado por PMDB e PT, que agora dividem o comando do país.

    Ele rebate as versões de bastidores apontando que estaria disposto a sair do partido.

    “Meu mandato no partido termina em março. Não vou sair do partido”, reagiu o senador, afirmando que não há pressões eleitorais à vista que justificassem esse tipo de decisão.

    “Eu não sou candidato a nada em 2012. Não tenho pressa de nada. Sou um observador da cena agora”, comentou.

    A vice-presidência da Carteira Agrícola do Banco do Brasil é uma das posições cogitadas para Osmar.

    Petistas que conversaram com o ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, revelaram que este espaço já foi oferecido ao pedetista.


    Publicado por jagostinho @ 12:23



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

4 Respostas

WP_Cloudy
  • Quincas Disse:

    Pq a imprensa bem remunerada pelo Richa não publicou que Betinho recebeu José Dirceu no Palacio das araucárias? Tem vergonha Beto? Vc é farinha do mesmo saco , cara! Só muda o método. Mais refinado.

  • Tavares Disse:

    Ainda estão falando do cargo que Osmar vai ocupar no governo Dilma. Vc já antecipou Jota há muitos dias atrás. Banco do brasil !!!

  • Japinha Disse:

    Osmar tem que ir para Tocantins e cuidar da gadarada dele. Bye Bye

  • Valmor Stédile Disse:

    A indicação de Osmar Dias para o Banco do Brasil pelo que sei está praticamente certa, restando apenas alguns detalhes para que o anúncio seja feito. Por exemplo, a reformulação na Executiva Estadual do PDT deve resultar de consenso entre Osmar e o ministro Carlos Lupi, presidente nacional do nosso partido, ouvindo outros líderes e segmentos pedetistas da forma como vem ocorrendo. Se fosse uma indicação pessoal ou o ex-senador estivesse “costeando o alambrado”, como determinados blogueiros propagam, os rumos e métodos seriam outros. Mas não são, felizmente, porque Osmar não cairá no ostracismo e a participação dele na história política do Paraná poderá ser ainda maior e melhor para o partido.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.