Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 28fev

    >>>>>>   Quem acha que o surgimento do novo partido, o PDB, não vai interferir nos rumos da política do Paraná, poderá estar bem equivocado.  Aposto que já está interferindo. Principalmente em Curitiba.

    >>>>>>   Como o PDB vem aí com um mix extravagante no que se refere às questões ideológicas e doutrinárias, sua lista de filiados será significativa. Gente descontente de muitos partidos consolidados já está na fila para entrar.

    >>>>>>  Em resumo: não será mais um partido, entre tantos meteóros que surgem por aí. Pelo contrário, Vem com planos audaciosos e poderá ser a grande força de centro na política brasileira.

    >>>>>>   Quem enxerga lá na frente, sabe que todo este alvoroço no PSDB paranaense em relação à Curitiba, tentando impedir a saída antecipada de Fruet, tem tudo a ver com o PDB.

    >>>>>>   Por uma simples razão. Por que, lá na frente, este mesmo PDB vai fundir com o PSB. E será antes deste 2011 acabar. E daí o Ducci terá que optar em embarcar na canoa do governo Dilma- que será o caminho do resultado da fusão PDB/PSB – ou não poder ser candidato.

    >>>>>>   E como Ducci ainda não está queimando notas de 100 reais e nem tomando sorvete pela testa, é muito lógico, querer continuar prefeito de Curitiba e ser candidato à reeleição, daí tendo PMDB, PT e outros, como aliados.

    >>>>>>   Até porque os flertes já começaram há muito tempo. Só não vê quem não quer. O giro de Ducci por Brasília, semana passada, à tiracolo com Gleisi, seu cafezinho com Requião no Senado Federal, não foram coincidências.

    >>>>>>   Gustavo Fruet, sempre bem informado, está usufruindo bem desta situação que pode deixar os tucanos, hoje governando o Paraná, e por tabela, via Ducci, também Curitiba, num repente, sem um nome forte para o ano que vem, na Capital do Estado.

    >>>>>>   Claro que Gustavo, se fora do PSDB, teria legendas sobrando para colocá-lo na disputa. Mas, pela sua trajetória de oposição ao governo, bem feita, por sinal, nos seus mandatos como deputado federal, será muito mais apropriado ser candidato pelo PSDB.

    >>>>>>   Por isso, dias atrás, falei que quem chega antes toma água limpa. Passos céleres e raciocínio rápido serão armas eficientes para pavimentar o caminho rumo ao Palácio 29 de Março.

    >>>>>>   Já se foram os tempos em que o blá blá blá era uma forma de empurrar de barriga para aguardar as nuances e observar a dança das nuvens, dentro da política.

    >>>>>>   Que Gustavo Fruet e Luciano Ducci se espertem. Qualquer passo mal dado será fatal.


    Publicado por jagostinho @ 15:27



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

5 Respostas

WP_Cloudy
  • Valmor Stédile Disse:

    Não acredito em improvisos, O PDB tem poucas chances de dar certo porque surge para atender ao interesse do atual prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, com o anunciado propósito de transferir-se para o PSB driblando a lei da fidelidade partidária (se simplesmente saísse do DEM poderia perder o mandato, o caminho então é fundar nova legenda para fundí-la em seguida ao destino desejado). Ocorre que, como a política é dinâmica e enseja as maiores surpresas, o sr. Kassab poderá mudar de idéia futuramente e fundir o PDB com o PMDB, por exemplo, mostrando bananas aos milhares de filiados que arregimentou por todo o país com aquele fim específico.

  • elias glaucio Disse:

    E um raciocinio que tem fundamento.

  • Denilson Pires Disse:

    Jota sempre bem informado, seu site é minha fonte de inspiração e aprendizado sobre a politica ,parabens.

  • Homero Disse:

    Valmor, o que vai ocorrer é o seguinte: com a eventual fusão do PDB com o PSB, ou mesmo PMDB, quem se filiar ao PDB poderá migrar para qualquer partido. Portanto, a janela aberta não é apenas útil para os interesses pessoais do Kassab, mas de todos aqueles que desejarem mudar de legenda sem riscos de perder os mandatos.

  • Valmor Stédile Disse:

    Você está correto na afirmação que fez, Homero, mas observe que minha análise foi centrada no introdução do texto apresentando que o PDB “vem com planos audaciosos e poderá ser a grande força de centro na política brasileira”. Se viesse para ficar não nego à suposta legenda a possibilidade de se afirmar, porém esta destinação está distante de ocorrer porque tem sido anunciada mesmo como janela para a infidelidade partidária. Quem se filiar pensando em uma nova perspectiva partidária poderá dar com os burros na água. Esta é a questão.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.