Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 01jul

    PARANÁ ONLINE/ELIZABETE CASTRO

    Agência Brasil
    Ao lado da presidente, estará a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, também no seu primeiro compromisso oficial no Estado, após ter assumido o cargo.

     

    Nesta sexta-feira, 1, pela primeira vez depois de tomar posse, a presidente Dilma Rousseff vem ao Paraná.

    Ela estará em Francisco Beltrão para o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar de 2011/2012.

    Ao lado da presidente da República, estará a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, também no seu primeiro compromisso oficial no estado, após ter assumido o cargo.

    A agenda de Gleisi previa sua presença em Curitiba, em um debate do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado (CREA), sobre a infraestrutura do Paraná. Porém, Gleisi foi convodada para integrar a comitiva de Dilma, que embarca para o Paraná, ao meio-dia.

    Em Francisco Beltrão, também estará o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB).

    Antes do lançamento do Plano Safra, às 11 horas, o governador tucano visita a Via Tecnológica do Leite, evento que visa promover a criação de gado leiteiro e a produção de leite no Sudoeste do Paraná.

    A região já abriga uma das maiores bacias leiteiras do Estado, produzindo cerca de 533 milhões de litros de leite por ano.

    Apontada como a pré-candidata do PT ao governo do Paraná, em 2014, Gleisi é vista pelos tucanos como a adversária que mais incomodará o governador Beto Richa até lá.

    Além de Gleisi, também estarão na comitiva da presidente da República o ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, do presidente da Caixa Jorge Hereda, e deputados federais e estaduais do PT e de partidos aliados no Paraná.

    Mais dinheiro

    A presidente da República vai anunciar um aumento dos recursos para a safra. A agricultura familiar terá à disposição R$ 16 bilhões para as linhas de custeio, investimento e comercialização do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

    No ano passado, foram R$ 14 bilhões.

    A solenidade será realizada a partir das 14h, no Ginásio de Esportes Arrudão. O Plano visa aumentar a produção de alimentos, gerar renda no campo e promover a organização econômica dos agricultores e agricultoras familiares, assentados e assentadas da reforma agrária e povos e comunidades tradicionais.

    Do total disponibilizado, R$ 7,7 bilhões serão destinados a operações de investimento e R$ 8,3 bilhões, para operações de custeio.

    Uma das novidades do Plano Safra da Agricultura Familiar 2011/2012 é a redução de 4% para 2% a taxa de juros máxima cobrada nas operações de investimento e a inclusão da taxa de 1% para operações do programa Mais Alimentos de até R$ 10 mil por ano/agricultor.

    A outra novidade é a ampliação do limite de financiamento de contratos de investimento para até R$ 130 mil.

    De acordo com os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, a agricultura familiar produz 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros, responde por mais de 74% do pessoal ocupado no campo e por 10% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.



    Publicado por jagostinho @ 09:32



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.