Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 10ago

    SITE DO DEPUTADO FEDERAL DR. ROSINHA-PT

    O presidente da Câmara Municipal de Curitiba, João Cláudio Derosso (PSDB), nomeou, entre os meses de janeiro e abril deste ano, a cunhada Renata Queiroz Gonçalves dos Santos para um cargo de confiança, que não exige concurso público.

    A informação foi obtida pelo deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR). Irmã de Cláudia Queiroz Guedes, esposa do tucano, Renata foi nomeada em 1º de janeiro para o cargo de assistente técnico parlamentar II (símbolo CC-7) do Legislativo municipal.

    Esse cargo corresponde a um salário mensal bruto de R$ 2,8 mil.

    No mês seguinte, em fevereiro, a cunhada de Derosso seria transferida para o cargo de consultora (CC-5), no qual permaneceu nomeada até 1º de abril.

    Para este cargo, o salário bruto é de R$ 4,7 mil por mês.

    “Os fatos demonstram que, na condição de presidente da Câmara há uma década e meia, Derosso agia como se fosse o dono de uma empresa familiar, praticando nepotismo e outros tipos de favorecimento a parentes, com plena confiança em sua própria impunidade”, avalia Dr. Rosinha.

    “A Câmara Municipal precisa sofrer uma devassa igual ou maior que a da Assembleia Legislativa.”

    A vereadora Professora Josete (PT) deve protocolar até o fim da tarde desta terça-feira (9) uma nova representação contra João Cláudio Derosso no Conselho de Ética da Casa.

    A petista denunciará o tucano pelo descumprimento da súmula antinepotismo do STF, em vigor desde agosto de 2008, que proíbe a contração de familiares até 3º grau em todas as instâncias do poder público.

    Derosso também é acusado de favorecer a empresa da própria esposa numa licitação milionária de publicidade e de contratar funcionários fantasmas da Assembleia Legislativa do Paraná.

    Nepotismo cruzado

    A edição de 30 de março de 2006 do “Diário Oficial” de Curitiba aponta que, naquele ano, a esposa e a sogra de João Cláudio Derosso estavam nomeadas simultaneamente no Legislativo de Curitiba.

    Os nomes de ambas constam da lista de 2006 de servidores que a Câmara é obrigada por lei a publicar anualmente.

    Cláudia Queiroz Guedes ocupava o cargo de “assessor técnico parlamentar (CC-5), vinculado à “Divisão de Comissões Temporárias”.

    A mãe dela, Noêmia Queiroz Gonçalves dos Santos, o de “assistente parlamentar” (CC-10), vinculado diretamente ao Gabinete da Presidência.

    A assessoria de Dr. Rosinha não conseguiu confirmar a data exata em que ambas foram contratadas.

    Atualmente, mãe e filha encontram-se nomeadas em cargos comissionados na Prefeitura de Curitiba e no governo do Paraná, respectivamente.

    O governador Beto Richa (PSDB) nomeou Cláudia Queiroz Guedes na TV Educativa do Paraná.

    A nomeação, assinada no último dia 17 de fevereiro, é retroativa a 1º de janeiro, primeiro dia do mandato do governador tucano. O cargo é de “assessor DAS-4”.

    Já o prefeito Luciano Ducci (PSB) nomeou em agosto do ano passado Noêmia Queiroz Gonçalves dos Santos, mãe de Cláudia e sogra de Derosso, na secretaria municipal de Governo.

    O cargo é o de Agente público municipal II, símbolo C-7, com a prestação de serviços na Secretaria Especial dos direitos da Pessoa com Deficiência.

     

    Publicado por jagostinho @ 12:24



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.