Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 12ago

    GAZETA DO POVO

    A Câmara de Vereadores de Curi­­­tiba pagou para serem publicadas reportagens com

    Derosso no Jornal Metropolitan's de Quatro Barras

    propaganda do presidente do Legislativo municipal, João Cláudio Derosso (PSDB).

    A jornalista Cristiane Fortes – proprietária do Jornal Me­­­tropolitan’s, de Quatro Barras, cidade da região metropolitana de Curitiba – admitiu em entrevista a RPC TV que recebia R$ 500 para cada reportagem publicada.

    As no­­­tas fiscais emitidas pelo jornal eram feitas em nome da Câmara e entregues na empresa Oficina da Notí­­­cia, que é de propriedade da es­­­posa de Derosso, Cláudia Queiroz.

    Segundo matéria da RPC TV, as reportagens foram veiculadas uma ou duas vezes por mês durante cerca de dois anos, entre 2007 e 2009.

    “Publicava a notícia (…), não era anúncio publicitário e, após feita a publicação, emitia nota em nome da Câmara e enviava para a Oficina da Notícia”, contou Cristiane Fortes ao telejornal.

    A jornalista falou ainda que o periódico circula em municípios da região metropolitana de Curitiba, mas na capital era entregue apenas em órgãos públicos.

    Cristiane declarou que o Jornal Metropolitan’s é encontrado em Quatro Barras e em Campina Grande do Sul.

    Derosso e Claúdia Queiroz não quiseram falar sobre as denúncias.

    O presidente da Câmara de Curitiba é investigado por denúncias envolvendo supostas irregularidades na licitação de R$ 30 milhões, pagos em serviços de publicidade da Casa entre 2006 e o início deste ano.

    Derosso é suspeito de favorecer a mulher, Cláudia Queiroz, no processo de contratação de empresas de comunicação.

    Além disso, o vereador tucano é acusado ainda de contratação de supostos funcionários fantasmas da Assembleia Legislativa do Paraná na Câmara e de desrespeitar a Súmula Vinculante n.º 13, do Supremo Tribunal Federal (STF), que proíbe a contração de parentes.

    A cunhada do vereador, Renata Queiroz Gonçalves dos Santos, teria sido contratada irregularmente para um cargo em comissão na Câmara .

    O presidente do Legislativo deverá prestar depoimento ao Conselho de Ética no próximo dia 18 para explicar as acusações.

    Publicado por jagostinho @ 10:28



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Míriam Disse:

    “ISSO É UMA VERGONHA”……querem conhecer uma pessoa, dê poderes a ela.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.