Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 13ago

    PARANÁ ONLINE/RODRIGO SELL

    Divulgação/Coritiba
    Projeto de reforma do Graciosa servirá como base do novo endereço alviverde.

     

    O Coritiba já acionou um grupo de arquitetos e engenheiros para transformar o anteprojeto preparado para a reforma do CT da Graciosa em projeto para o terreno recém adquirido em Campina Grande do Sul.

    O clube quer promover uma grande festa para lançar a pedra fundamental do novo centro de treinamentos na semana de comemoração de 102 anos, em outubro, mas já faz planos de iniciar as atividades com bola em março do ano que vem.

    Para tanto, o clube corre atrás de um empréstimo no exterior para viabilizar as obras, apesar do terreno já ter sido pago.

    “O projeto pronto vai ser apresentado lá (no local), não é igual ao outro e os arquitetos estão trabalhando porque estamos pleiteando um empréstimo internacional, mas com interesses na prática do futebol”, avisa Ernesto Pedroso Júnior, membro do conselho administrativo (G9).

    Especula-se que o dinheiro venha do mundo árabe, de um governo interessado em promover o futebol. E como está o local no momento?

    “Já estamos limpando a área, pagamos à vista e eu, como loteador da região, digo que pelo valor imobiliário o Coritiba ganhou aquela área de presente”, destaca o dirigente.

    O terreno pertencia à família do ex-deputado Aníbal Curi e foi negociado com o Alviverde por intermédio de conselheiros ligados às duas partes.

    A diretoria pretendia reformar e ampliar o CT da Graciosa e para isso tinha até anteprojeto preparado, mas a oportunidade do novo local mudou os planos.

    O novo local deverá receber toda a estrutura necessária para treinamentos, recuperação e concentração de todas as categorias alviverdes.

    “Vamos fazer imediatamente dez campos e o básico até março do ano que vem”, adiantou Pedroso.

    A diferença entre a Graciosa e Campina Grande do Sul está na área de cada um.

    O clube sai de um local de 80 mil m2 com capacidade para cinco campos e onde deveria verticalizar alguns setores e parte para um lugar com 450 mil m2 onde poderá deixar tudo no mesmo plano.

    “O CT será uma coisa só, campos, sistema de hotelaria e vai ser um plano só, com integração total”, aponta o dirigente.

    Assim, a torcida já pode entrar na contagem regressiva do lançamento do novo empreendimento coxa.

    “Lançaremos a pedra fundamental em outubro no aniversário do clube”, finaliza Pedroso.

    Se tudo correr bem, a partir do momento em que as equipes estiverem treinando no novo local, o CT da Graciosa poderá ser negociado e os recursos investidos no novo local.

    Publicado por jagostinho @ 11:18



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.