Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 19nov

    GAZETA DO POVO

    O senador paranaense Alvaro Dias (PSDB) foi sondado nos últimos dias para disputar, em 2014, os governos do

    Senador Alvaro Dias disse que decisão sobre as Eleições de 2014 só deverá ser tomada em julho de 2013

    Rio de Janeiro e do Distrito Federal. No caso fluminense, o convite foi feito pelo ex-governador e presidente de honra do PSDB do Rio de Janeiro, Marcello Alencar.

    A informação foi publicada na coluna do jornalista Reinaldo Bessa na Gazeta do Povo desta sexta-feira (18).

    O objetivo da mudança seria lançar o ex-governador paranaense para a disputa do governo do Rio de Janeiro em 2014, para a sucessão de Sérgio Cabral Filho (PMDB).

    Em entrevista concedida por telefone à Gazeta do Povo, o senador confirmou a sondagem e falou ainda que foi convidado pelo PSDB de Brasília para a disputa do governo do Distrito Federal.

    Alvaro, que atualmente vota em Londrina, não descartou uma mudança, mas considera “muito difícil” deixar o Paraná.

    “Só deixaria se sentisse que a população não deseja mais os meus préstimos. Tenho laços com a origem e dever de gratidão com os paranaenses”, disse.

    Mesmo considerando pequena a possibilidade de deixar o estado, o senador afirmou que os convites trazem “motivação, reconhecimento e valorização que vem do próprio partido”.

    “Me sinto valorizado, mas é evidente que eu não posso de forma nenhuma esquecer que a população do Paraná tem sido muito generosa comigo”, explicou.

    Marcello Alencar sugeriu uma reunião com Alvaro Dias no Rio de Janeiro para discutir a questão, mas o encontro ainda não foi marcado.

    O senador garante que a prioridade é a atuação no Senado em Brasília e que uma definição sobre as Eleições de 2014 só deverá ser tomada em julho de 2013.

    Alvaro ainda deixou claro que interesses de grupos políticos no Paraná não seriam suficientes para acelerar uma mudança de estado.

    Sobre o desafio de ser o governador do Rio de Janeiro durante as Olimpíadas de 2016, o senador garantiu que questões como essa não são determinantes para tomar a decisão.

    “A questão está mesmo relacionada ao Paraná”, disse.



    Publicado por jagostinho @ 15:06



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.