Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 25nov

    GAZETA DO POVO

    Bondaruk é o coronel mais antigo, em ativdade, na PM

    O coronel Marcos Theodoro Scheremeta não é mais o comandante da Polícia Militar do Paraná. Ele não chegou a completar um ano no cargo.

    A troca foi anunciada pelo governo do estado ontem, em Foz do Iguaçu, durante a inauguração da sala do gabinete de gestão integrada de segurança pública na fronteira.

    O coronel Roberson Bondaruk, ex-co­mandante da Academia de Polícia do Guatupê, vai assumir o posto, mas ainda não há data para a posse.

    Com Scheremeta postado ao lado, o secretário de Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César, declarou que o comandante pediu para sair e que a motivação foi pessoal.

    Sche­remeta não se pronunciou na­­quele momento e, procurado mais tarde pela Gazeta do Povo, informou, por meio da assessoria de imprensa, que não daria entrevista.

    O governador Beto Richa, presente no evento, preferiu não falar sobre o assunto. Pelo menos 15 oficiais fardados estiveram na noite de ontem no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, para recepcionar Scheremeta.

    Entraram na área restrita de desembarque e despistaram a imprensa para que o ex-comandante saísse sem falar com os jornalistas.

    A possibilidade de troca no comando já era comentada dentro da PM e por alguns integrantes do governo. Os motivos da saída não foram esclarecidos, mas a queda aconteceu após uma sequência de atritos e constrangimentos.

    Convite aceito

    Procurado pela reportagem, o coronel Bondaruk confirmou que recebeu o convite e que aceitou ser o novo comandante da PM, mas prefere esperar sua nomeação oficial para conceder entrevistas.

    Bondaruk estava atualmente na coordenação do Departa­mento de Relações Insti­tu­cionais da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp).

    Na­­tural de Curitiba, tem 49 anos e é o coronel mais antigo em atividade na PM. Está há mais de 30 anos na corporação.

    Sobrecarga de trabalho

    Em entrevista à RPCTV, o secretário de Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César, buscou passar a mensagem de que a troca de comando da PM foi consensual e tranquila.

    Ele disse que o coronel Scheremeta fez um bom trabalho. O comando da PM é responsável por gerir um efetivo de 15 mil policiais e um orçamento que representa 35% do setor de segurança pública no Paraná.

    César declarou que o então comandante reclamava há algum tempo de sobrecarga de trabalho e de estar afastado da convivência familiar, com desgaste físico e emocional.

    O secretário não declarou o destino do coronel, mas disse que será aproveitado em “outras missões dentro da PM ou da estrutura do próprio estado”.

    O secretário também elogiou o coronel que assumirá o comando.

    “Ele tem uma formação sólida na área da polícia comunitária. É um ideólogo, para se dizer, da Polícia Comunitária do Paraná e atende também o objetivo do governo de transformar cada vez mais a PM, consolidar e avançar na perspectiva de uma PM amiga”, declarou.

     



    Publicado por jagostinho @ 09:32



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.