Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 11dez

    COLUNA DE CELSO NASCIMENTO/GAZETA DO POVO

    A 7.ª Vara da Fazenda mandou o prefeito Luciano Ducci suspender a veiculação de duas mensagens telefônicas que disparava para assinantes de Curitiba e nas quais, de viva voz ou emprestando uma locução feminina, enaltecia as obras de sua administração.

    Essa informação, divulgada há quatro dias, pode não ser novidade para quem acompanha o dia a dia da política da província.

    Entretanto, talvez nem todos saibam que outras partes da liminar concedida pelo juiz Rodrigo Otávio do Amaral têm potencial para causar mais estragos ao prefeito do que imagina a vã filosofia.

    É que o juiz deferiu também alguns outros quesitos presentes na ação impetrada pela bancada de oposição na Câmara de Vereadores e que são pouco conhecidos.

    Eles vão além da mera suspensão das telemensagens e avançam no sentido de colocar o prefeito Luciano Ducci – candidato à reeleição pelo PSB – em situação política delicada.

    Veja só: a decisão determina que, no prazo máximo de 20 dias, o prefeito apresente à Justiça o contrato firmado com a empresa telemarketing que transmitiu suas mensagens; informe a quantidade de ligações realizadas; e diga também em quanto importou e quem pagou pelos serviços de produção e veiculação – tudo conforme requereram na inicial os advogados Fernando Vernalha e Luiz Fernando Pereira, que patrocinaram a causa.

    Siga este raciocínio para medir o potencial do estrago:

    • se a Justiça já entendeu, liminarmente, que houve infração ao princípio constitucional da impessoalidade na medida em que Ducci teria se aproveitado da função e de recursos públicos para fazer autopromoção, o que configura a ilegalidade dos gastos;

    • se, no exame do mérito, permanecer o mesmo entendimento, isto é, que tal ilegalidade caracteriza crime de improbidade administrativa, significa que, caso condenado, Ducci se tornaria inelegível;

    • além desse efeito, há também repercussão econômica: o prefeito terá de ressarcir o município do próprio bolso – daí o levantamento dos custos da campanha requerido pelos advogados e determinado pelo juiz.

    Afora esses percalços de natureza jurídica e ainda que eles sejam superados pelo prefeito, restam possíveis desgastes à imagem do prefeito.

    O que, por fim, pode significar que o esforço para melhorá-la por meio das telemensagens teria sido um tiro que saiu pela culatra.

    Publicado por jagostinho @ 09:13



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • MÍRIAM Disse:

    Num mesmo blog, duas notícias que contradizem ao Ducci.

  • jagostinho Disse:

    Cara Míriam
    São opiniões diferentes. Minha e do Celso Nascimento. Não são necessariamente contraditórias. Versam sobre assuntos distintos.
    Agradeço sua participação ativa no meu Blog. Tomara outros mais fossem como vc.

    Saúde e paz

    Jota Agostinho

  • Míriam Disse:

    ABRAÇO FRATERNO ,JOTA ! EU O CONHECI HÁ 40 ANOS ATRÁS E VC SEMPRE GENTIL….

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.