Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 15jan

    Bem, antes de mais tudo, quero deixar claro que deixei de ser comentarista esportivo em 2004.

    Este Blog é um hobby meu, que curto imensamente.

    Portanto, já vou avisando que ninguém tem o direito de exigir que me posicione sobre este ou aquele assunto.

    E pior, no twiter, com baixarias e insinuações de pequenez vulgar.

    Só estou emitindo a minha opinião porque achei que devia e senti vontade de fazê-lo.

    Meu tempo de ser pautado já se faz distante. E por grosseiros e maldosos, nem pensar.

    Nunca abri mão do meu direito de expressão. Senão minha luta na juventude contra a ditadura não teria o menor sentido.

    Vamos aos fatos: tanto Coritiba como Atlético, felizmente, estão sendo comandados por homens de visão e empresários de sucesso.

    Afinal, Vilson Ribeiro Andrade e Mario Celso Petraglia foram valiosos presentes dos deuses do futebol para os dois maiores Clubes do Paraná.

    Dito isto, tenho certeza quando os dois se reunirem, a sós, sem palpiteiros de plantão e muito menos torcedores cegos pela paixão, vão acertar tudo.

    Cada qual está, inteligentemente, usando suas melhores estratégias. Faz parte do jogo.

    Só que isto está indo loge demais. Podem , os dois , perderam o controle da situação. O que seria um desastre.

    Só lamento que o Atletico, querendo ser formal demais, incluiu a FPF neste embróglio.

    Infeliz ideia. Pois, a cartolagem da federação não condiz com a grandeza de Coritiba e Atlético.  São estranhos no ninho.

    Primeiro ponto: tirem fora das conversas a FPF.

    Ela está aí apenas para homologar o que for melhor para Coritiba e Atlético.

    Meros burocratas. Não tem direito de impor nada e muito menos fixar preço. Ridículo isso.

    E já chega de blefes e surpresas. Claro que para o Coritiba a grana do aluguel do Couto para o Atlético será benvinda.

    E o Atletico só tem esta opção. Essa bazófia de que o gramado do Couto não pode ser usado mais de uma vez por semana, é um pedaço de papel que aceita tudo. É subestimar a mais mediana inteligência.

    Sejam, como grandes dirigentes diferenciados, homens que contenham as emoções e usem a razão.

    Resumindo, não poderia concluir sem dar uma sugestão racional e simples:

     O aluguel seria, por exemplo, 30% da renda bruta de cada jogo, com uma garantia mínima  de 50 mil reais por jogo.

    Citei números, que poderão ser outros, mas o que vale é a fórmula.

    O resto é futrica por falta de assunto, pois estamos na entressafra de notícias.

    E chega de lenga-lenga.

    Ou terei que  começar a descrer que Vilson e Petraglia são diferenciados ?

    E o que é pior: seriam comuns e iguais a tantos que vi em minha carreira como homem da imprensa esportiva?

    Acreditem, seria uma grande decepção para mim.

     

    Publicado por jagostinho @ 11:03



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • Fernando Prosdóc Disse:

    50.000 mais 30% pelo aluguel?
    Nós sócios pagamos o dobro disso pra que não cedam.
    Q
    uerem usar sua casa de praia, sem ser seu amigo, sem falar com você e ainda pedindo para que um terceiro imponha a negociação? arrogância gera intolerância.

    o Couto não será emprestado como não o foi para a final da libertadores.

  • Jorge Disse:

    Sou coxa.
    Sou sócio.
    Sou contra o empréstimo.

    Os arrogantes do fim da rua que batam em outra porta desta vez.

    Parabéns ao Presidente Vilson Ribeiro.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.