Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 30mar

    GAZETA DO POVO

    Localizado no Pinheirinho, hospital deverá ser um "observatório" da terceira idade

    Um ano após o previsto, o Hospital do Idoso Zilda Arns foi inaugurado na manhã de ontem, no bairro Pinheirinho, em Curitiba.

    A entidade, especializada em gerontologia, geriatria e clínica médica, possui 141 leitos de enfermaria e 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

    Conta ainda com duas salas de centro cirúrgico, consultórios, salas de fisioterapia e uma central de imagem, onde poderão ser feitos exames como radiologia, colonoscopia, ecografia, endoscopia e tomografia computadorizada.

    Nos 9.520 metros quadrados de área construída, a população idosa terá também uma central de laudos, que fará a integração entre o hospital e seis Centros Municipais de Urgências Médicas: CIC, Sítio Cercado, Cajuru, Fa­­zendinha, Boqueirão e Boa Vista.

    O hospital também manterá dez equipes para o serviço de atenção domiciliar – o Saúde em Casa –, e está preparado para fazer 50 mil atendimentos e 10 mil internamentos por ano.

    Atraso

    Um espaço de atendimento destinado especialmente à pessoa idosa era uma reivindicação antiga do Ministério Público e entidades ligadas aos direitos da pessoa idosa.

    A licitação para início das obras aconteceu no início de 2008, mas questões políticas impediram o repasse da verba destinada à prefeitura de Curitiba.

    Na época, a prefeitura buscou financiamento com o Ministério da Saúde, que aceitou a proposta.

    O investimento total da obra, de R$ 39 milhões, foi dividido entre os governos federal, estadual e municipal. Somente o Ministério da Saúde investiu R$ 15 milhões na obra.

    O secretário de Atenção à Saúde do órgão federal, Helvécio Magalhães, esteve em Curitiba e disse que o hospital pode se tornar referência para todo o país.

    “Nós vamos propor ao prefeito da cidade que seja mantido aqui, permanentemente, um observatório de atenção ao idoso.”

    Durante a cerimônia de inauguração o governador Beto Richa anunciou o repasse de R$ 10 milhões para a construção de oito novas unidades de saúde na cidade, ainda sem endereços definidos ou previsão para início das obras.

    COMENTÁRIO: – Deixando o atraso de lado, aliás, muito comum, em obras públicas no Brasil, temos que registrar com alegria este que é um acontecimento muito importante para uma uma camada populosa da cidade de Curitiba: os idosos.

    Uma observação: Fica claro que as coisas andam quando as autoridades se unem, no caso específico, municipal , estadual e federal, para o bem comum. Mesmo com cores partidárias diferentes. Atitude republicana que tem ser aplaudida.

    E uma expectativa: que não fiquemos só no clima de festa e o Hospital do Idoso preste os atendimentos com zelo e competência que os nossos idosos merecem.



    Publicado por jagostinho @ 12:12



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Míriam 8 Disse:

    eM UM ANO MUITOS IDOSOS MORREREM E DEIXARAM DE DAR PREJUÍZO AO ESTADO.
    É INACREDITÁÁÁVELLLLL…..

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.