Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 28abr

    UOL/MACEIÓ

    • Neilton Ferreira/Alagoas Última HoraPoliciais encontraram cerca de 2.000 calcinhas e sutiãs na casa de suspeito de furtar quintaisPoliciais encontraram cerca de 2.000 calcinhas e sutiãs na casa de suspeito de furtar quintais

    Um caso inusitado está sendo investigado pela polícia de Campo Alegre, a 87 km de Maceió.

    Um homem conhecido como “Zé da Macuca” foi acusado por pelo menos quatro mulheres de furtar calcinhas e sutiãs que estavam estendidas nos varais de casa.

    Nesta quinta-feira (26), a polícia foi até a casa dele e encontrou cerca de 2.000 calcinhas e sutiãs em um quarto e no quintal da residência do acusado.

    Segundo a denúncia das mulheres, o “colecionador de calcinhas” vem praticando o furto há algum tempo.

    O agente de polícia Anísio Ramos contou que um grupo de quatro mulheres criou coragem e foi à delegacia prestar queixa sobre os furtos.

    As vítimas apontaram o endereço do acusado, e a polícia conseguiu flagrar o homem chegando em casa com uma sacola repleta de calcinhas.

    “Ao constatarmos o fato, os agentes de plantão trouxeram o acusado para prestar depoimento na delegacia. Ele disse que pegou as roupas íntimas no lixão da cidade, mas sabemos que não é verdade, pois ele foi flagrado com uma sacola cheia de calcinhas e sutiãs limpos. Além disso, temos os depoimentos das mulheres que tiveram as calcinhas furtadas”, disse Ramos.

    Durante o depoimento, prestado ao delegado Itamar Uchoa, a polícia descobriu ainda que o homem que estava vestido de roupa masculina, mas usava por baixo uma calcinha e um sutiã.

    “Ele disse que usava as calcinhas porque não tem dinheiro para comprar cuecas, mas não quis entrar em detalhes sobre o uso do sutiã”, afirmou.

    Apesar do flagrante, a polícia abriu inquérito policial para investigar o caso e após prestar depoimento, o homem foi liberado. Ele vai responder o caso em liberdade.

    O UOL não conseguiu localizar o “colecionador” para que ele desse sua versão do caso.

    Publicado por jagostinho @ 16:57



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.