Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 11jul

    ABRABAR PARANÁ

    Nossa luta é tão grande e acompanhada por todo Brasil, que o ECAD do Paraná tenta nos intimidar fazendo pressão emcima dos empresários, fato que será comunicado ao poder Judiciário, através do nosso jurídico.

    Gostaria de deixar um Recado aos empresários(as) ou  aqueles que pensam que fazem bom negócio pagando uma mixaria, valor abaixo do mercado ou que acham que tem desconto espetacular, pois estão sendo alvo ou mero instrumento de “ilusão” ou vantagem financeira indevida, pois o que realmente lutamos é pagar justamente e que chegue de fato aos autores e não pagar e sequer os autores tenham conhecimento, como ocorrem com músicas produzidas por DJs ou por conjuntos do interior do Brasil, bem como da AMERICA do SUL, ASIA, OCEANIA, AFRICA, EUROPA e outros cantos como tribos e vilarejos. 

    Portanto nossas batalhas é em prol da sociedade e da maioria dos empresários que pagam as contas e tributos. 

    Segue em Anexo o Comunicado do nosso jurídico

     
     FABIO AGUAYO
    PRESIDENTE ABRABAR
     
     

    PAGAMENTO DO ECAD EM CONTA DO PODER JUDICIÁRIO. COMO AGIR.

    As ameaças do ECAD aos ASSOCIADOS da ABRABAR são mais uma demonstração da arbitrariedade com que o ECAD se acostumou a agir.

    No entanto, o ECAD agora está colocado contra a parede pelo próprio Poder Judiciário que determinou o pagamento dos boletos mediante deposito judicial. A partir de agora este é o caminho adequado.

    O Tribunal de Justiça do Paraná determinou que os valores cobrados pelo ECAD sejam depositados no BANCO DO BRASIL, AGÊNCIA 3793-1, CONTA CORRENTE 1.000.117.315.120.

    No depósito deve-se mencionar que se trata de DEPÓSITO EM CONTINUAÇÃO, remetendo-se cópia do comprovante de depósito por fax ao ESCRITÓRIO SELLOS KNOERR – SOCIEDADE DE ADVOGADOS (fax nº 41 xx 3343-9596), para que seja registrado no processo.

    O depósito em juízo tem o mesmo efeito e o mesmo valor do pagamento em banco do boleto emitido pelo ECAD. Basta guardar o comprovante do depósito como prova do pagamento.

     Por isso, os associados da ABRABAR não devem ceder a nenhuma espécie de pressão, pois as ameaças do ECAD permanecerão apenas ameaças de quem sempre agiu de forma arbitrária e agora se encontra impedido de continuar a atuar deste modo pelo próprio Poder Judiciário.

    Quanto mais depósitos forem realizados, mais fortalecidos se tornam a ABRABAR e seus ASSOCIADOS.

    Publicado por jagostinho @ 17:24



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.