Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 12jul

    IMPRENSA.RAFAEL [email protected]

    O candidato do PMDB a prefeitura de Curitiba, Rafael Greca, realizou na manhã desta quinta-feira (12) uma visita técnica do terminal do Pinheirinho até a Praça Rui Barbosa, para conferir como está o transporte coletivo na região sul da capital.

    A atividade abre a série de visitas técnicas que o peemedebista irá realizar a diversas áreas da cidade.

    “Essa visita técnica ao sistema de transporte vem na forma do meu costume quando prefeito, para verificar as condições do transporte público, em especial da linha norte-sul”, disse Greca, número 15 na urna eleitoral.

    De acordo com Rafael Greca, a falta de planejamento nas últimas gestões acabou gerando problemas como o excesso de lotação e os longos períodos de espera em diversos horários do itinerário.

    “Quero firmar um compromisso de retomada da qualidade de um serviço que já foi modelo para o Brasil e para o mundo. O sistema é bom, o que falta é planejamento”, destacou.

    Metrô

    Já no ônibus, Rafael Greca conversou sobre o metrô com o auxiliar administrativo Marcos Leme da Rocha, morador do Pinheirinho e trabalhador da região central.

    Marcos questionou Greca sobre o projeto atual do metrô, e quais seriam suas propostas, tendo em vista que o novo sistema, pelo projeto atual, atenderia apenas uma parte da cidade.

    Greca falou sobre seu projeto de Metrô Aéreo, que inclui uma escala metropolitana, contemplando boa parte da Curitiba e cidades conurbadas (municípios interligados).

    “Primeiro o metrô tem de ser aéreo porque é mais rápido para fazer, causa-me menos danos e permite uma maior quilometragem, além é claro que não pode servir uma linha que não seja a do mesmo eixo dos ônibus biarticulados já existentes” ressaltou.

    Combustíveis alternativos

    O candidato destacou ainda que em sua administração haverá uma mudança gradual no tipo de combustível utilizado pelo transporte público, do atual diesel, em grande maioria, para o hidrogênio e a energia proveniente do sol.

    “Vamos mudar, gradativamente, a matriz energética da frota para energias que não poluam. É um compromisso com uma cidade inovadora e sustentável”, disse Greca.

    Ele lembrou que a frota com biodiesel foi implantada em sua primeira gestão (1993-1996), inicialmente na Linha Turismo e que, agora, pretende ampliar para toda a frota.

    Bilhetagem por tempo

    Outra proposta do plano de governo de Rafael Greca para a área do transporte público é o bilhete eletrônico por tempo, quando com apenas uma passagem o usuário consegue se descolar por varias linhas mesmo que elas não estejam ligadas por um terminal.

    Segundo Greca esta ação permitirá maior flexibilidade no uso por usuários das mais variadas regiões, o que poderá diminuir o tempo de deslocamento e consequentemente a diminuição da lotação, um dos principais problemas enfrentados atualmente.

    Publicado por jagostinho @ 19:34



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.