Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 19jul

    [email protected]

    “O pior dia de inverno em Curitiba, o mais frio e mais sombrio, é melhor do que a maioria dos dias de verão na Alemanha, país líder na geração de energia fotovoltaica” disse Greca
    Foto: Renata Freitas

    O candidato do PMDB a prefeitura de Curitiba, Rafael Greca, conheceu a empresa curitibana Solbravo Tecnologias Sustentáveis, que trabalha para a produção de telhas fotovoltaicas capazes de gerar eletricidade.

    A empresa financiada por projeto do CNPq está pronta para deixar a incubadora do Tecpar.

    Na visita, o ex-prefeito candidato buscou conhecimento para implementar seu programa Curitiba+Energia, de eficiência energética.

    “ Podemos fazer casas que, ao invés de consumir e comprar energia da rede da COPEL, passarão a produzir e fornecer energia elétrica convertida a partir da  luz do sol”, disse o candidato.

    Rafael Greca falou ainda sobre o equívoco que há no pensamento comum de que, em dias nublados, como os de Curitiba no inverno, não seja possível produzir energia solar.

    “O pior dia de inverno em Curitiba, o mais frio e mais sombrio, é melhor do que a maioria dos dias de verão na Alemanha, país líder na geração de energia fotovoltaica” disse Greca.

    E continuou: “ Em termos de Brasil uma mesma fonte fotovoltaica num dia de frio em Curitiba gera 85% da energia que seria gerada, nas mesmas condições, na tépida e ensolarada Cuiabá.”

    A despesa para a instalação do telhado fotovoltaico numa casa de 40 m2,para uma instalação geradora de aproximadamente 1 kWp, segundo constatou Greca, está em torno de R$ 15 mil, pagáveis em 25 anos, junto com o financimento da casa.

    Na avaliação do economista Rodrigo Silvestre, “com o tempo a despesa deixa de ser investimento e passa a ser poupança”.

    Projeto inovador

    “Nossa ideia envolve casas populares de 40m² que, com seu telhado, produzam a energia necessária para suprir a demanda de uma geladeira, uma tv e um aquecedor de chuveiro elétrico”, ressaltou.

    Ainda de acordo com o candidato, há uma revolução energética em curso no mundo e Curitiba não pode ficar  para trás.

    A Solbravo é formada por Fabiano Tomazi, doutorando em Engenharia de Materiais, Alexandre Pellegrimi, PhD, Marcos Brehm, mestrando em Meio-Ambiente, Rodrigo Silvestre mestre em Economia, Michel Freitas formando de engenharia química, Alessandra Enricconi, designer e o doutor  José Cella, advogado e empresário.

    Novas ideias

    Greca falou ainda sobre a relação entre a proposição de novas ideias para a cidade durante o período da campanha eleitoral.

    “Fazer campanha política com amor pela nossa terra e pela nossa gente é buscar e propor novas ideias, dotadas de utilidade para todo o povo”, disse

    Candidato sem ideias, segundo ele,” acaba sendo que nem buzina de avião:  Faz barulho, não serve para nada e nem ajuda voar”, finalizou Rafael Greca.

    Publicado por jagostinho @ 11:19



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.