Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 30jul

    [email protected]

    Foto:- Jader da Rocha

    Neste final de semana, a candidata à vice prefeita Mirian Gonçalves, da Coligação Curitiba Quer Mais (PDT, PT, PV) encabeçada por Gustavo Fruet, candidato a prefeito, participou de uma caminhada com Gustavo no bairro Tatuquara.

    “Fiquei muito feliz com a recepção das pessoas nas ruas e no comércio por onde andamos”. Mirian conversou com diversos moradores que reclamaram muito da falta de segurança no Tatuquara, dos constantes furtos nas lojas, dos assassinatos de adolescentes e do tráfico de drogas no bairro.

    “Essa é uma das nossas maiores preocupações e vamos lutar junto com o Gustavo na prefeitura para reverter o quadro de violência que assola Curitiba”, afirmou Mirian.  

    O estado do Paraná e a capital têm liderado um ranking no sul do país extremamente negativo o de homicídios de crianças e adolescentes.

    Segundo o “Mapa da Violência 2012 – Crianças e Adolescentes do Brasil”, do Cebela e da Flacso Brasil, o número de homicídios tanto no Estado quanto na capital é praticamente duas vezes superior ao  número de homicídios no Rio Grande do Sul e em Porto Alegre, segundo colocado.

    “Nossas crianças estão sendo dizimadas pelo tráfico de drogas e pela exploração sexual. Há um infanticídio em Curitiba”, avalia Mirian.

    Na Regional Pinheirinho, Mirian Gonçalves e Márcia Fruet conversaram com mães e lideranças locais. As famílias estão assustadas com a recorrente exploração sexual de crianças no bairro.

    Na reunião, as mães apontaram como principal causa a falta de creche no Pinheirinho. Conforme um dos últimos balanços do Ministério Público, o déficit de vagas nas creches em Curitiba é de 23 mil. Outro problema destacado é a ausência de um projeto de contraturno nas escolas municipais.

    “Muitas mães nos alertaram que o contraturno em algumas escolas é colocar as crianças assistindo à sessão da tarde. Curitiba precisa mudar esta realidade. Não é possível que uma capital com um dos maiores orçamentos do país mantenha esta desigualdade social”, completou Márcia Fruet.

    Publicado por jagostinho @ 15:15



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.