Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 19mar

    JORNAL DO POVO/FACEBOOK

    YARED C

    Christiane Yared, mãe de uma das vítimas mortas no acidente envolvendo o ex-deputado Fernando Ribas Carli, divulgou em seu Facebook pessoal um texto de Cláudio Fajardo que suscita dúvidas sobre a investigação do Caso Hospital Evangélico e faz uma ilação com “quê” de teoria da conspiração mas que responde, teoricamente, muitas perguntas, leia o texto e tire suas próprias conclusões:

    Assista o comentário em vídeo sobre o caso Evangélico

     

    Texto retirado do Facebook pessoal de Christiane Yared

     

    O CASO DO EVANGÉLICO PODE SER MUITO MAIS ESCABROSO DO QUE OS JORNAIS NOTICIAM

    Por Cláudio Fajardo

    Não posso citar nomes, não posso citar fatos com precisão para não correr o risco de ser processado por gente poderosa.

    Posso, no entanto, falar por suposição, por hipótese, e assim fazer com que outras pessoas compartilhem comigo em pensamento coisas que não posso garantir serem verdadeiras, apesar das informações verdadeiras que tenho sobre o caso.

    Imaginem uma família poderosa, amiga de outra família poderosa virem seus filhos envolvidos num acidente automobilístico criminoso onde os filhos de outras famílias não poderosas morreram.

    Imaginem provas cabais serem destruídas, imaginem perícias serem alteradas, imaginem as famílias poderosas influenciando a justiça e fazendo tantas outras coisas ilegais, imorais e sórdidas para proteger os filhos culpados pelo acidente.

    Imaginem os filhos dos poderosos serem flagrados alcoolizados com provas testemunhais e laboratoriais.

    Imaginem a pressão para que a pessoa, médica, responsável pelo atestado do alcoolismo sofreu para mudar o resultado e, apesar de toda a pressão, não tenha mudado.

    Imaginem, por último, depois de todo o escândalo do Evangélico, em pleno Tribunal do Júri, no julgamento dos filhinhos dos poderosos, o advogado de defesa dos réus brandir a prova do atestado de alcoolismo anexada ao processo:

    “Excelência, doutor juiz, senhores promotores, senhoras e senhores: Dentre tantas provas tentando incriminar os réus, restou uma que pode levá-los à condenação por crime doloso: é a prova de que eles estavam embriagados no ato que culminou com a morte de dois outros jovens.

    Essa prova é um atestado de laboratório assinado por um médico. Esse atestado é que pode ser a peça fundamental do processo para julgá-los por crime doloso.

    Excelência, promotores, senhoras e senhores, toda a confiança, credibilidade, responsabilidade e ética é o que se exige de quem assina um atestado como esse.

    Agora, excelência, promotores, senhoras e senhores, sabem os senhores quem assina esse atestado, sabem quem teve a autoridade para assinar esse atestado?

    Qual é a pessoa, médica, autoridade eticamente responsável, de fé pública, de confiança e competência que assina esse atestado senhores?

    É inacreditável, mas a pessoa que assinou esse atestado é a doutora chefe da UTI do Hospital Evangélico, presa durante uma investigação sobre mortes induzidas no referido hospital. É a doutora Virgínia Soares de Souza.”

    Não será isso estarrecedor? Pois é, isso é muito mais do que uma ironia. A desmoralização da doutora Virgínia não será um prato cheio para a defesa dos filhinhos dos poderosos?

    ——————
    Existe muita verdade sobre o que li logo acima. Estranhamente a defesa insistiu que o STJ analisasse antes do julgamento os recursos do MP que pedia que o “exame de sangue” realizado no Evangélico fosse julgado pelo TJPR e reconduzido ao processo.

    Esta decisão do STJ suspendeu o julgamento.

    Existe um dossiê da Dra. Virgínia que prova a existência além do álcool, mas também de outra substância no sangue, da presença de vários políticos dentre eles do Beto e do Requião e que o ex-deputado nunca esteve em estado de coma, contrariando a assessoria de imprensa do próprio Evangélico que anunciava na ocasião que Carli Filho estaria em coma e que ficaria por tempo indeterminado.

    Mentiras e mais mentiras. Almas sendo compradas pelo DIABO através do poder, da ilusão de cargos e facilidades, da troca de favores.

    Uma vergonha!

    Publicado por jagostinho @ 08:02



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • Miriam13 Disse:

    PÕE VERGONHA NISSO!

  • Miriam13 Disse:

    Sra Yared onde os homens falahm Deus mantem-se justo.É só uma questão de tempo!

  • jorge reis felix Disse:

    Não tenho a menor dúvida que isso é muito pouco frente a outras falcatruas armadas em nome do poder e do dinheiro. Vivemos em um país corrupto, onde a ignorância do nosso povo e a pouca identidade com a decência e a honra . Omissão é a arma dos fortes, conhecimento sobre seus direitos. Onde a lei é um instrumento flexível e se dobra diante do dinheiro e de políticos cartelizados, todos com culpa no cartório e com o rabo preso….
    Não é filme de ficção é a mais pura realidade, e você ou eu somente teremos como mensurar a dor depois que percamos a um filho ou uma pessoa querida…….
    Vergonha…..Esse “homem”. esse ex deputado filhinho de papai. essa família se mostra como representantes do mal na sociedade humana, qualquer um que faça parte dessa família filhos, netos, estão marcados pelo estigma de fazer parte de algo mal, muito mal….Aquilo que chamamos pacto com o diabo…….

    Jorge

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.