Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 24mar

    RADAR ON-LINE/LAURO JARDIM/VEJA.com

     

    Agora é a sua vez

    Lá vem bomba

    A ofensiva dos senadores anti-Renan Calheiros deverá ganhar forma e conteúdo a partir da semana que vem: o grupo vai se reunir na quarta-feira, na casa de Cristovam Buarque, para finalizar um documento redigido por Pedro Taques.

    O texto exigirá que o presidente do Senado remeta à Procuradoria-geral da República qualquer denúncia contra parlamentares que chegue à Casa, a exemplo do que ocorreu com os supostos contra-cheques do chamado mensalinho amapaense, do qual Renadolfe Rodrigues foi acusado de participar.

    Concluído o documento, os adversários de Renan vão começar a colher assinaturas e tentar protocolá-lo no Senado. Mas essa é só uma parte da estratégia.

    Em seguida, o grupo vai apresentar uma notícia-crime contra Renan baseada na reportagem de O Estado de S.Paulo, mostrando que os Calheiros investiram 300 000 reais numa empresa que funcionou por apenas um ano.

     

    Leitura dinâmica

    Recurso no mensalão

    De Roberto Gurgel sobre a petição que os advogados do mensalão vão apresentar ao STF pedindo um prazo maior, de vinte dias em vez de cinco, para a apresentação de recursos após a publicação do acórdão:

    – Com suas grandes bancas tenho certeza que eles conseguirão cumprir o prazo, nem que façam uma leitura dinâmica.

    E cada banca só cuida de um condenado. Eu, no mesmo período, terei que ler o acórdão para todos os condenados.

     

    Apoio garantido

    Malafaia: nova marcha em maio

    A prefeitura do Rio de Janeiro vai novamente injetar recursos na Marcha para Jesus organizada por Silas Malafaia.

    Na semana que vem, o pastor define o valor com Eduardo Paes.

    No ano passado, foram repassados 2,5 milhões de reais para o evento, sendo que Malafaia devolveu 500 000 reais aos cofres públicos.

    A Marcha, programada para 29 de maio com o tema Jesus, uma vida com atitudes, também terá apoio da Globo – ou seja, espaço em telejornais e inserções de anúncios durante a programação.

     

    PTB versus PMDB

    Alvo de cobiça

    A temperatura subiu entre PTB e PMDB. O motivo: cargos, claro.

    Atualmente no comando da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o PTB quer mais: tem articulado para ocupar também as quatro diretorias do órgão, loteadas pelo PMDB, que não está nada disposto a largar o osso, óbvio.

    Publicado por jagostinho @ 13:19



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.