Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 05abr

    detran

    PORTAL BONDE

    Funcionários do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) iniciam nesta sexta-feira (5) uma greve por tempo indeterminado.

    O Sindicato dos Servidores do Detran do Paraná (Sisdep) espera que 90% dos funcionários cruzem os braços em protesto contra o que sindicalistas chamam de falta de resposta por parte do governo do Estado.

    Apenas alguns serviços essenciais serão mantidos.

    Os serviços que devem ser mantidos, mesmo com a greve, são: a liberação de veículos apreendidos, processos de veículos que envolvam serviços essenciais e emergenciais (como polícia e ambulância), 1° Registro de Veículos, exames práticos para processo de 1ª habilitação que estejam vencendo em trinta dias, recebimento e devolução de CNH suspensa e renovação de CNH vencida há mais de trinta dias.

    A deflagração do movimento foi decidida em assembleia realizada pelo sindicato no último dia 10 de março.

    O vice-diretor jurídico do Sisdep, Arnaldo Menon, alega que houve quebra de acordo por parte do governo nas negociações com os funcionários.

    “A intenção não era chegar ao ponto de ter greve, mas houve falta de diálogo. Nossas reivindicações são antigas e já foram acordadas com o governo no ano passado”.

    Entre as cobranças dos trabalhadores estão a realização para concurso público por causa da falta de profissionais pelas regionais do Detran (as Ciretrans) no estado e melhorias estruturais nos prédios das regionais.

    O sindicato também pede pagamento de encargos e reajuste de insalubridade.

    Por meio de nota no site, o Detran disse que a Procuradoria Geral do Estado entrou na Justiça para adotar as medidas cabíveis contra o movimento.

    O Detran alega que cumpriu todos os prazos necessários e definidos durante as conversas com o sindicato e que mantém o diálogo com os funcionários para resolver a situação.

    Durante a greve, o órgão disse que haverá remanejamento de funcionários para evitar falta de serviços aos cidadãos.

     

    Publicado por jagostinho @ 11:41



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.