Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 20abr

    ELIANEELIANE CANTANHÊDE, jornalista, da Folha. É também comentarista do telejornal ‘GloboNews em Pauta’.

    Nada como um dia após o outro para impor os fatos sobre as versões e mostrar quem é quem.

    Ministro da Fazenda de Itamar Franco, duas décadas atrás, o embaixador Rubens Ricupero foi derrubado pelo PT por uma conversa informal com um jornalista em que ele dizia poucas e boas verdades, dessas que políticos não falam.

    Naqueles tempos, antes da massificação da internet e dos celulares, a conversa foi captada por antena parabólica. Acabou na campanha do PT e transformada em escândalo.

    Itamar não resistiu à pressão petista e Ricupero caiu por uma bobagem.

    O que ele falou de tão grave? Foi mais ou menos assim: “O que é bom a gente mostra, o que é ruim a gente esconde”.

    Pura verdade, válida para todos os governos de antes e de depois. Atire a primeira pedra o presidente –ou “presidenta”– que nunca seguiu essa cartilha.

    Vejamos com Dilma: a maquiagem dos dados fiscais; a propaganda dos juros baixos e o silêncio nos juros altos; a badalação eleitoral do PAC e o atual esquecimento; os holofotes sobre os bons índices de emprego e a suspensão da PNAD Contínua…

    Tudo isso é o quê? A máxima de Ricupero.

    Já que falamos da PNAD Contínua, que mexeu com os brios do IBGE, uma das mais respeitadas instituições brasileiras, aqui vai uma sugestão: ouvir a fala de Ricupero que lhe custou um dos cargos mais importantes da República em 1994.

    Tem cópia no YouTube. (Assista neste link : http://youtu.be/NOb_3z-7yds )

    Ele citou, por exemplo, a suspeita de que o IBGE estava virando um “covil do PT”. Lembre-se de que o PT recusou apoio a Itamar –que encarnou consensualmente a transição pós-Collor.

    Luiza Erundina, um dos ícones éticos do país, rebelou-se, aliou-se a Itamar e foi praticamente banida. Soa inacreditável.

    Se na oposição o PT já estava infiltrado nas instituições, imagine-se como ficou ao chegar ao poder…

    P.S.: Gabriel García Márquez, esse, sim, é verdadeiramente imortal. 

    Publicado por jagostinho @ 17:18



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.