Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 23abr

    TRIBUNA DO PARANÁ/CAÇADORES DE NOTÍCIA

     

    PRAÇA PRA QUEM?

    Matagal toma conta das quadras e parquinhos e não deixa moradores utilizarem local que deveria ser reservado ao lazer. Foto: Gerson Klaina

    Dois espaços públicos no Conjunto Oswaldo Cruz I, na Cidade Industrial de Curitiba, estão gerando preocupação e medo entre os moradores da região.
    Uma praça, localizada na Rua Paulo César de Araújo Kalil, ao lado do Colégio Estadual Dirce Celestino do Amaral, e um jardinete, cravado entre as ruas Fausto Pereira e Hugo Miró, estão em completo estado de abandono.
    Nos dois pontos, o mato está tomando conta das estruturas de lazer e o lixo acumulado atrai insetos e gera mau cheiro no bairro.

    Além das más condições, os espaços se tornaram pontos de encontro para consumo de drogas e bebidas alcoólicas.

    A situação vem irritando a vizinhança, que evita circular pelos locais temendo assaltos e outros tipos de situações desagradáveis.

    O aposentado José Gomes, de 72 anos, afirma que a praça ao lado do Colégio Estadual Dirce Celestino do Amaral está abandonada há alguns meses.

    “Eu nem lembro quando foi a última vez que as equipes da prefeitura vieram ao local para dar uma geral na praça. O mato tomou conta de tudo. Até a cancha de areia foi tomada por capim. Com isso, o pessoal aproveita pra jogar lixo nos cantos”, reclama.

    Seu José também conta que o acúmulo de resíduos em diversos pontos da praça faz com que insetos tomem conta das ruas e casas do bairro.

    “É só andar por aí que você vai ver baratas e outros bichos andando pelo chão. Em casa pude notar que há mais bichos do que o de costume”, lembra.

    Evaldo Olcha, de 70 anos, mora no bairro há mais de 40 anos. Ele conta que a má conservação das praças da região do Conjunto Oswaldo Cruz I facilita a ação de bandidos na região.

    “Como há muito mato, a bandidagem tem onde se esconder após cometer os assaltos. Além disso, eles usam as praças pra usar droga. A região está abandonada”, ressalta.

    O aposentado Pedro Ferreira é morador do bairro e também lamenta as más condições das praças da região.

    “Os garotos são obrigados a jogar bola no meio do mato”, conta o morador.

    Ele ressalta que a única área conservada do local é a academia ao ar livre na praça ao lado do Colégio Estadual Dirce Celestino do Amaral.

    “Venho aqui todos os dias e só consigo usar os aparelhos de ginástica”, revela Ferreira.

    Roçada agendada

    Por meio da assessoria de imprensa, o Departamento de Parques e Praças da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, órgão da Prefeitura responsável pela conservação dos locais, informou que as praças mostradas nesta reportagem têm manutenção prevista para a próxima semana, o que inclui a limpeza e roçada da área.

    ******

    COMENTÁRIO :- Rápido e rasteiro: 1)- Já perceberam que a cada denúncia a assessoria de imprensa anuncia que “na próxima semana” serão tomadas providências ?

    2) – “roçada agendada”.  Deve ser inédito na administração pública brasileira!!! Esta deve ser a INOVAÇÃO prometida por Fruet na campanha !

    3) – Vergonha !!!

    Publicado por jagostinho @ 10:28



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.