Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 30abr

    TV FOLHA/YOU TUBE

    FOLHAPRESS

    DIRCEU TEM CELA PRIVILEGIADA NA PAPUDA, DIZ OPOSIÇÃO

    A cela do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu no Complexo Penitenciário da Papuda é maior do que a dos demais detentos, tem chuveiro quente, microondas e televisão, afirmaram nesta terça-feira (29) deputados da oposição que visitaram o presídio.

    A visita foi realizada durante a tarde por integrantes da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Foi organizada a partir de um requerimento do deputado Nilmário Miranda (PT-MG), que atendeu a pedido dos filhos de Dirceu, o deputado Zeca Dirceu (PT-PR) e Joana Saragoça.

    Eles fizeram um apelo para que a comissão verifique se há regalias ou se o regime a que Dirceu foi condenado no processo do mensalão está sendo descumprido.

    Segundo o deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), a direção do CIR (Centro de Internamento e Reeducação) afirmou que Dirceu e os demais condenados no mensalão (dos quais atualmente só resta o ex-ministro) foram alocadas em um local onde funcionava uma cantina, que foi desalojada para recebê-los, e em uma cela maior que a dos demais detentos: a de Dirceu tem 23 m2, enquanto as outras possuem 15 m2.

    “Eu pedi a informação ao diretor. A cela do Dirceu tem 23 m2, as outras celas têm em média 15 m2. Ele está sozinho na dele”, relatou Jordy.

    Ele afirma também que abriu o chuveiro da cela de Dirceu e constatou que havia água quente. “Existe sim um tratamento diferenciado”, afirmou a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP).

    Quando chegaram à cela do ex-ministro, segundo os relatos, Dirceu assistia ao jogo de futebol entre o Real Madrid e o Bayern de Munique.

    Vestia short e camisa brancos. Contou sobre a rotina na Papuda, dedicada à leitura e a trabalho na biblioteca, e se queixou de não ter recebido autorização para trabalhar.

    Os deputados foram acompanhados do diretor do CIR, Márcory Mohn, e do subsecretário do Sistema Penitenciário do DF, João Feitosa.

    Também presentes à visita, os deputados Miranda, Jean Wyllys (PSOL-RJ) e Luiza Erundina (PSB-SP) afirmaram não considerar haver regalias e disseram que outras celas têm TV de plasma, microondas e fogareiro.

    “A cela dele tem até infiltrações”, disse Erundina. “Não há nada de diferente para ele na comida, nas visitas ou no uso do celular, que, nesse caso, é proibido”, disse Nilmário Miranda.

    “Não há possibilidade de ele usar celular, já que ele conversa com advogados e visitantes no parlatório. Não tem contato físico.”

    A Secretaria de Segurança do Distrito Federal negou, por meio da assessoria, as regalias. Segundo o governo, a cela de Dirceu é padrão, todo preso com bom comportamento tem direito a TV e não há sistema de aquecimento de água na Papuda.

    O advogado de Dirceu, José Luis Oliveira Lima, também negou a existência de regalias.

    “Em todas as oportunidades que visitei meu cliente jamais identifiquei tratamento privilegiado. As afirmações da oposição são políticas. O meu debate é jurídico, não político.”

    Publicado por jagostinho @ 08:47



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.