Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 12maio

    PR ON TV

    SUJEIRA SEM FIM

     

    PINHEIRINHO

    Uma via no bairro Pinheirinho se transformou em dor de cabeça para os moradores da região.
    Próxima à Linha Verde, a Rua Luciano Piuzzi é hoje o destino de dezenas de toneladas de todo tipo de lixo.
    Em toda sua extensão é possível encontrar entulho de obras, restos de cimento, garrafas plásticas, móveis velhos e lixo doméstico. Quem mora por perto conta que a sujeira causa mau cheiro e atrai ratos e insetos.

    O aposentado Marcolino Ramires Fernandes vive na região há 35 anos. Ele disse à reportagem que há pelo menos umaPINHEIRINHO 2 década o local se tornou ponto de despejo de todo o tipo de material.

    “Desde o dia que abriram rua, virou essa bagunça. Começou a vir gente de tudo que é canto despejar lixo por aqui”, conta.

    Seu Marcolino conta ainda que o movimento de gente despejando lixo na rua ocorre durante todo o dia.

    “Não tem hora. As vezes estou caminhando por aqui e vejo caminhões enormes de obra despejando caliça. E tem também o pessoal dos carros que vem e jogam todo tipo de coisa. Até um sofá velho eu já vi jogarem fora”.

    A leitora da Tribuna Adriana Melo confirmou por e-mail a situação citada por Seu Marcolino.

    “É uma vergonha ver como a população que não quer lixo na frente de suas casas vai até ali e joga todo o tipo de lixo. Sei que não é culpa da prefeitura a população ser tão porca assim, mas está ficando inviável andar naquela rua, ainda mais naquele trecho de terra”, disse.

    Drogas e medo

    Segundo os moradores, o fato de a rua ser de terra batida e contar com um grande terreno baldio fez com que a região se tornasse ponto de uso de drogas e bebidas alcoólicas.

    “Já chegamos no ponto em que o lixo pode ser o menor dos nossos problemas. Muita gente evita passar por aqui à noite para evitar dar de cara com usuários droga. As mulheres da região também não gostam de andar nessa rua por medo de assaltos e até abuso sexual”, alerta Seu Marcolino.

    Segundo o Departamento de Fiscalização do Urbanismo – Regional Pinheirinho, o proprietário do imóvel já foi notificado para executar limpeza do passeio e do lote, que contém APP (área de preservação permanente) e, por isso, é permitido apenas catação manual do lixo e entulho.

    Ele foi autuado por não cumprir as notificações e, em vistoria na última quarta-feira, foi constatado que a infração na área do passeio permanece e os processos serão enviados à Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA) para parecer quanto ao atingimento de APP.

    Publicado por jagostinho @ 11:44



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.