Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 17maio
    Fabíola Pessoa /Imprensa – Infraero
                                                                                               

     

    O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, localizado a 18 km de Curitiba, está se preparando para atender com qualidade os passageiros que visitarem a capital paranaense durante a Copa do Mundo.

    A pista de pouso, de 2.215 metros, foi totalmente restaurada, com investimentos que chegaram a R$ 19 milhões.

    Os pátios estão prontos para receber tanto a aviação comercial quanto a aviação executiva e o estacionamento do aeroporto foi ampliado, passando de 670 para 2122 vagas.

    Até o Mundial, será entregue, ainda, a ampliação do conector com duas novas pontes de embarque, a reforma e modernização do terminal existente, além da ampliação do pátio de aeronaves, que em 2011 tinha 84 mil m2, e em 2014 passará a ter 143,9 mil m2.

    E as obras não param por aí. É o que explica o presidente da Infraero, Gustavo do Vale.

    “A obra do aeroporto de Curitiba está prevista para terminar completamente em março de 2016, com a ampliação da sala de embarque e desembarque, seis novas pontes de embarque, ampliação das áreas comerciais de saguão, praça de alimentação, adequação das vias de acesso e meio fio de embarque e desembarque, além de novas áreas para órgãos públicos e acesso ao estacionamento”.

    A ampliação do terminal de passageiros e sistema viário soma investimentos da ordem de R$ 246,7 milhões. Em 2013, 6,7 milhões de passageiros utilizaram o aeroporto.

    Atualmente o terminal tem capacidade para 7,9 milhões de passageiros ao ano e até a Copa, com as obras de reforma, ampliação e modernização, o Afonso Pena poderá receber 8,5 milhões pessoas por ano.

    Como a demanda prevista para 2014 é de 7,9 milhões de passageiros, o Aeroporto de Curitiba está preparado para atender a demanda prevista para o Mundial.

    Toda a atual estrutura do aeroporto recebe 242 voos diários entre chegadas e partidas para todo o país e para três destinos internacionais: Buenos Aires (Argentina), Miami (EUA) e Montevidéu (Uruguai).

    MAIS CONFORTO – O Afonso Pena foi o primeiro aeroporto da rede Infraero a ter a lanchonete popular, estabelecimento comercial que oferece uma lista de 15 produtos com preços mais acessíveis.

    O objetivo é oferecer uma opção de alimentação mais acessível aos usuários dos aeroportos e estimular a competição de preços nos terminais administrados pela estatal.

    Além disso, o terminal paranaense é um dos 43 aeroportos da Infraero que contam com o serviço de internet Wi-Fi gratuita na sala de embarque, proporcionando mais comodidade aos passageiros.

    O aeroporto terá, ainda, uma área exclusiva para receber os torcedores durante a Copa. O espaço faz parte do Fun Zone e é destinado à recepção dos turistas, oferecendo conforto, conveniência e entretenimento.

    O projeto vai ser implantado em todos os aeroportos das cidades-sedes do Mundial por meio de uma pareceria da Infraero com a Caixa Econômica Federal.

    No Aeroporto de Curitiba a sala terá 400 m², será totalmente climatizada, com wi-fi gratuito, telefones públicos e balcões de atendimento.

    CURITIBA NA COPA – Dados do governo do Paraná indicam que Curitiba deve receber 160 mil turistas estrangeiros e mais de 500 mil brasileiros durante a Copa.

    A capital paranaense receberá quatro jogos no Estádio Arena da Baixada – todos da etapa de classificação.

    Nigéria e Irã se enfrentarão no dia 16 de junho; Equador e Honduras, dia 20; Espanha e Austrália, em 23 de junho; e Argélia e Rússia, dia 26.

    A expectativa é de que cerca de 500 mil turistas passem pela cidade durante a competição, dentre eles, 100 mil estrangeiros.

    Publicado por jagostinho @ 17:32



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.