Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 24maio

    EFE

    Barack Obama cumprimenta turistas israelenses perto da Casa Branca, em caminhada na quarta-feira  (Foto: Larry Downing/Reuters)

    Barack Obama cumprimenta turistas israelenses perto da Casa Branca, em caminhada na quarta-feira (Foto: Larry Downing/Reuters)

    O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, surpreendeu nesta quarta-feira (21) uma dúzia de americanos e turistas vindos do Brasil, da China e da Alemanha ao dar um passeio a pé pelos arredores da Casa Branca, um luxo que, lembrou nesta quinta, quase nunca pode desfrutar.

    “Não me deixam dar passeios muito frequentemente. O Serviço Secreto se estressa um pouco”, disse hoje Obama em discurso sobre turismo no Salão da Fama do Beisebol em Copperstown, em Nova York.

    Acostumado a paralisar o trânsito em Washington em cada um de seus deslocamentos com uma dúzia de veículos oficiais escoltados por motos de polícia, Obama optou na quarta-feira por caminhar até o Departamento do Interior, que se encontra a apenas dez minutos da Casa Branca, para um discurso.

    “De vez em quando me deixam escapar”, explicou sobre seus passeios. “Sou como o urso de circo que de repente foge da jaula, e começa a se movimentar, e todo o mundo começa a sussurrar: ‘O urso está solto!”’, brincou.

    “Apenas percorri alguns quarteirões, mas nesse poucos instantes conheci turistas da Alemanha, Israel, Brasil, China e Ucrânia no National Mall”, a esplanada que concentra os principais monumentos de Washington, contou o líder.

    A Casa Branca publicou hoje em sua conta oficial no YouTube um vídeo do passeio, no qual é possível ver Obama acompanhado de um de seus assessores, John Podesta, e rodeado em todas as direções por uma multidão de agentes do serviço secreto que vigiam desde vários metros de distância.

    ‘É preciso surpreender’

    “É preciso surpreender as pessoas, isto não pode ser uma rotina’, pode-se ouvir Obama no vídeo enquanto percorre o Elipse, como é conhecido o jardim que separa a Casa Branca do monumento a Washington.

    A reação das pessoas oscilou entre a surpresa, a incredulidade e a euforia, como a de três jovens que não hesitaram em se aproximar a toda velocidade do presidente para cumprimenta-lo, sob o olhar atento do Serviço Secreto.

    “É de verdade?”, perguntou uma jovem a Obama após estender a mão.

    “Meu Deus, é o melhor dia da minha vida!”, exclamou outra mulher que, ao posar para uma foto com Obama, disse: “As pessoas vão achar que estou com uma estátua de cera”.

    Durante seu passeio, Obama também distribuiu chocolatinhos com o selo da Casa Branca a duas meninas que passeavam com a mãe e cumprimentou os donos de carrinhos de fast-food que ficam entre a Casa Branca e a sede da Organização dos Estados Americanos (OEA).

    O passeio pela região, a mais turística de Washington, faz parte do esforço de Obama para promover os Estados Unidos como destino turístico mundial, e para isso anunciou novas medidas com o objetivo de reduzir o tempo de espera nos 15 maiores aeroportos do país e acelerar o processo de controle de imigração.

    Publicado por jagostinho @ 16:08



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.