Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 27jul

    RADAR ON-LINE/LAURO JARDIM/VEJA.COM

    Cara de pau

    Paes: assessores encrencados

    Rodrigo Betlhem, além de deputado federal licenciado e homem forte de Eduardo Paes, é também um cara de pau.

    Depois de VEJA botar no ar um áudio em que Bethem assume tranquilamente receber uma mesada de 100 00 reais de fornecedores da prefeitura do Rio de Janeiro, ele divulgou uma nota oficial que começa assim:

    – Tendo em vista a gravidade das declarações feitas por minha ex-mulher…

    Não há declaração alguma de sua ex-mulher nas fitas.

    O que há é um homem público se auto-incriminando.

     

    Ascensão meteórica

    Fux: lobby pela filha

    O rolo compressor para eleger a filha de Luiz Fux, uma advogada de 33 anos, como desembargadora na Justiça do Rio de Janeiro ganhou novos lances nas últimas semanas.

    Pelas regras da OAB, é preciso que os postulantes ao cargo apresentem pelo menos cinco petições por ano durante uma década de advocacia.

    Inicialmente, o escritório onde Marianna Fux trabalha enviou uma breve declaração atestando a sua atuação no período. O documento foi rejeitado.

    A advogada, então, reuniu todas as suas petições para apresentá-las. A exigência mínima, no entanto, não foi alcançada em 2007, 2008, 2009, 2010 e 2014.

    Ainda assim, a candidatura foi homologada e, no próximo dia 4, a OAB enviará seis nomes ao tribunal.

    A votação na Justiça será aberta pela primeira vez na história, o que aumenta a pressão sobre os magistrados que decidirão o futuro da filha de um ministro do STF.

    Com as articulações de Fux e de Hercílio Binato, marido de Marianna e ex-conselheiro da OAB, a advogada é favorita.

     

    De cima para baixo

    temer

    Michel Temer vai aproveitar as visitas aos estados durante a campanha para, além de pedir votos aos seus candidatos, segurar as traições de correligionários.

    Um dos primeiros foi o deputado Manoel Junior, com nenhuma relevância nacional, mas que vinha articulando em favor de Aécio Neves na Paraíba.

    Antes de partir rumo a João Pessoa, ontem Temer enquadrou Manoel Junior em Brasília.

    Junior ouviu e, recado dado, viajou para o estado natal no avião de Temer.

    Publicado por jagostinho @ 16:39



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.