Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 09ago

    FOLHA.COM

    eduardo-campos-marina-silvaCandidata a vice na chapa do PSB à Presidência da República, Marina Silva será a protagonista do programa eleitoral de Eduardo Campos na TV.

    Na prévia à qual a Folha teve acesso, a ex-senadora abre o filme sozinha para dizer que optou pela aliança com o ex-governador de Pernambuco em vez de “assistir à decadência do país”.

    Detentora de 20 milhões de votos nas eleições presidenciais de 2010, Marina terá o papel de apresentar Campos ao eleitor.

    O candidato do PSB ainda é desconhecido por 41% dos brasileiros, segundo pesquisa Datafolha.

    “Muitas pessoas me perguntam por que não sou candidata a presidente. Quando nos foi negado o registro da Rede, tínhamos duas opções: ir para casa assistir à decadência do país ou fazer um acordo programático”, diz Marina em um aceno a Campos, que, neste momento, aparece à direita da aliada, na tela pela primeira vez.

    Vestindo calça jeans, camisa branca e blazer escuro, uniforme informal da maior parte de seus compromissos de campanha, Campos afirma que “muitos poderosos não gostaram dessa união”.

    Em discurso também recorrente em suas aparições públicas, diz que a chave para “mudar o Brasil” é “a mudança na política em Brasília”.

    Com dois minutos e três segundos de duração, o programa contempla por ora somente uma das diversas promessas que o presidenciável tem feito nas últimas semanas: a educação em tempo integral.

    A proposta do candidato, que não deve ser detalhada pelo menos no primeiro programa, é levar educação em tempo integral a todas as escolas públicas de ensino médio ao final de quatro anos.

    Na avaliação de aliados de Campos, o tempo escasso fez com que a equipe optasse por uma linguagem simples e direta, sem grandes inovações estéticas, como as da propaganda nacional do PSB, que foi ao ar com dez minutos em março e trazia imagens em preto e branco da dupla.

    Comandado pelo marqueteiro argentino Diego Brandy, o programa deve utilizar apenas imagens filmadas em estúdio com a Arri Alexa XT, supercâmera lançada em 2013 e usada em filmes como “Capitão América” e “RoboCop”.

    A filmadora é a mesma usada pela equipe de João Santana, que comanda o marketing da campanha à reeleição de Dilma Rousseff.

    PÚBLICO

    Campos e Marina aparecem no centro de uma espécie de galpão e falam olhando diretamente para as câmeras. De trás delas, saem dezenas de pessoas que vão em direção à dupla.

    Entre beijos e abraços dos eleitores, os candidatos se despedem enquanto a imagem se distancia e fecha em uma montagem com o mapa do Brasil.

    O slogan oficial da campanha, “coragem pra mudar o Brasil, eu vou com Eduardo e Marina”, encerra o filme da campanha que deve ser exibido em 19 de agosto.

    Por ordem definida em sorteio do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a propaganda de Campos e Marina abrirá a rodada presidencial do horário eleitoral de rádio e TV. 



    Publicado por jagostinho @ 14:28



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.