Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 26nov

    GAZETA DO POVO/ ANNA PAULA FRANCO

    Rede de salões de beleza de Curitiba pretende dobrar de tamanho nos próximos dois anos e chegar a 40 lojas abertas no país

    Foto:- Hugo Harada/Gazeta do Povo

    Hugo Harada/Gazeta do Povo / O empresário Kyrlei Boff tornou o negócio fundado pelo pai em uma rede nacional, com 18 lojas

    O empresário Kyrlei Boff tornou o negócio fundado pelo pai em uma rede nacional, com 18 lojas

    A inauguração da nova unidade do Lady&Lord no Champagnat – a nona em Curitiba — consolida o modelo de negócios que a rede aplicou em 2011, quando o diretor da empresa, Kyrlei Boff, transformou a marca em franchising.

    Na época, dez lojas próprias foram vendidas e Boff iniciou a formatação do negócio fundado pelo pai, em 1983, na Galeria Minerva, em uma próspera rede de franquias na área de beleza.

    Hoje são 18 unidades, sendo 15 em operação, e a meta é chegar a 40 salões Lady&Lord no país até 2016.

    O que pareceu um recuo no mercado foi o impulso para sustentar o crescimento do negócio. Boff decidiu pela mudança para garantir a padronização das instalações e do atendimento.

    “Em salão de beleza, o administrador precisa acompanhar a rotina. E o franchising foi a melhor forma de garantir resultados.”

    Com a parceria do franqueado em cada empreendimento, Boff mantém o mesmo padrão em todos os salões da marca. Para isso, precisou descrever seus processos para formatar a franquia.

    Foi quando começou um novo aprendizado. “Uma coisa é você ter a mesma rotina todos os dias, a outra coisa é transferir esse conhecimento e criar os protocolos”, diz.

    Procedimentos de higiene e detalhes de identidade da marca são inflexíveis para garantir segurança na administração da franqueadora e a dos próprios clientes.

    As decisões comerciais são por conta do franqueado, que administra promoções e descontos na respectiva unidade.

    Muita coisa foi redefinida nesse momento, combinando a experiência do dia a dia com a formalização dos processos.

    Até mesmo ações corriqueiras, como a forma de atender ao telefone.

    “A saudação será a mesma, aqui ou na unidade do Amapá”, explica. Macapá é um dos próximos endereços do Lady&Lord no Norte do país. A marca também estará presente no Nordeste, em Recife e Olinda (PE).

    Estratégia

    A expansão para outras regiões brasileiras faz parte da estratégia para atingir a meta de 40 unidades até 2016, apoiado nos bons números do setor.

    De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising, as franquias do segmento de beleza cresceram 24% em 2013.

    Com serviços para atender as classes A, B e C, a rede Lady&Lord recebe 50 mil clientes por mês. No total, 2 mil pessoas trabalham nas unidades, entre profissionais e colaboradores.

    Mas não é preciso entender de cabelo ou maquiagem para abrir um salão de beleza. Boff negocia sua marca com administradores que tenham conhecimento de gestão empresarial.

    “O franqueado é orientado sobre como procurar os profissionais no mercado, que serão treinados para prestar o atendimento adequado ao cliente”, diz.

    O investimento inicial a partir de R$ 300 mil, para lojas de pelo menos 150 m², inclui todas as taxas, montagem, arquitetura e capital de giro para um salão com os serviços básicos de cabelo, maquiagem, manicure e depilação.

    “Áreas de estética e podologia exigem aportes maiores”, diz.

    Laboratório de beleza

    A única unidade do Lady&Lord que pertence à franqueadora é a do Shopping Mueller, a primeira inaugurada com o nome.

    A ideia de adicionar o “Lady” ao nome do salão foi de Samira, esposa de Kyrlei Boff, o engenheiro que herdou o negócio o pai.

    A sede funciona como um laboratório em que Boff realiza suas pesquisas para os dois lançamentos anuais que oferece a clientes e franqueados. Para 2014 a equipe desenvolveu o Summer Fit, uma coleção de coloração de cabeços com tratamento exclusivo da marca.

    Publicado por jagostinho @ 19:22



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.