Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 04fev

    UCHO.INFO

    Petrolão: deputado da oposição aciona o Conar contra propaganda enganosa da Petrobras

     

    petrobras_17O deputado federal José Carlos Aleluia (Democratas-BA) protocolou, nesta terça-feira (3), representação no Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) contra a campanha publicitária da Petrobras que trata o escândalo de corrupção na empresa como um “desafio a ser superado”.

    O democrata pede a imediata suspensão das peças de propaganda com base no Artigo 23 do Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária (CBAP), que versa sobre a exigência para anúncios quanto a “não abusar da confiança do consumidor, não explorar sua falta de experiência ou de conhecimento e não se beneficiar de sua credulidade”.

    No documento, Aleluia ressalta a “proposital confusão” promovida pela peça publicitária ao querer relacionar a descoberta dos primeiros poços de petróleo, ou mesmo do Pré-Sal, com as consequências da Operação Lava-Jato na empresa.

    “Não se pode querer enganar a opinião pública com uma campanha publicitária milionária tratando o que é corrupção, roubo de dinheiro público, como exemplo de desafio a ser superado pela companhia. Não é desafio, são atos ilícitos que demandam rigorosa apuração e punição dos envolvidos”, defendeu o parlamentar.

    A representação enviada ao órgão, com sede em São Paulo, pede também que seja respeitado o artigo 50º do CBAP que determina a advertência, a correção das peças e a suspensão imediata de sua veiculação por todos os veículos de imprensa contratados.

    “O anúncio viola o Código, uma vez que se apresenta como desonesto, levando os investidores, acionistas, aplicadores, consumidores e terceiros a acreditar que, sem o encerramento das investigações em curso e posterior punição exemplar dos ‘saqueadores’ da companhia, a entranhada corrupção na Petrobras e os inegáveis atos de má-gestão serão facilmente superados mediante a adoção de práticas de governança, ainda que grande parte dos responsáveis pela atual situação da empresa ainda ocupem cargos de direção na Petrobras”, destaca a justificativa do democrata no requerimento.

    O Petrolão é o maior escândalo de corrupção da história da humanidade e foi criado para substituir o Mensalão do PT, esquema criminoso menor que também funcionou com a explícita anuência do Palácio do Planalto, apenas porque Lula precisava manter “azeitada” a criminosa máquina parlamentar que lhe garantia apoio no Congresso Nacional.

    O governo do PT, como sempre, tenta iludir a opinião pública com peças publicitárias bem elaboradas, mas que passam longe da tradução da verdade.



    Publicado por jagostinho @ 15:46



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.