Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 18fev

    REUTERS

    Item que mais contribuiu para o aumento dos preços no país latino-americano foi alimentação, com alta de 102,2% no ano passado

    Cafezinho custa 20 reais

     

    Presidente Nicolás Maduro. Venezuelanos têm tido dificuldade para compras produtos básicos nos supermercados

    Presidente Nicolás Maduro. Venezuelanos têm tido dificuldade para compras produtos básicos nos supermercados(Carlos Garcia Rawlins/Reuters)

    A inflação na Venezuela acumulou alta de 68,5% em 2014, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central do país.

    Em 2013, o indicador foi de 56%. O resultado foi influenciado principalmente pelo aumento de 102,2% dos preços dos alimentos e das bebidas não alcoólicas.

    Os preços das bebidas alcoólicas e tabaco subiram 90,8%, seguidos por restaurantes e hotéis (81,4%), educação (60,8%) e transporte (59,7%).

    Os venezuelanos queixam-se frequentemente dos preços elevados e de dificuldades para conseguir alguns produtos básicos como leite, óleo, café, açúcar e margarina, entre outros.

    Na Venezuela, um café custa 45 bolívares (20,22 reais), uma maçã está em torno de 40 bolívares (17,98 reais), um quilo de queijo ou de presunto cozido sai por 490 bolívares (220,21 reais) e uma sopa ronda 160 bolívares (71,91 reais).

    Cidades – Dados do Banco Central também apontaram que várias regiões da Venezuela apresentaram valores inflacionários superiores à média nacional.

    Valência destacou-se como a cidade mais cara do país (78,6%), seguida por Barquisimeto e Maturín (72,4%), San Cristobal (71,6%) e Cidade Guayana (71,1%).

    Já Caracas e Barcelona tiveram inflação de 64,7% e 62,2%, respectivamente.

    ****

    COMENTÁRIO :-

    Será que a culpa desta gigantesca na Venezuela inflação é, TAMBÉM, dos Estados Unidos?  

    O que esperar de um presidente que ouve Chaves, seu falecido guru, através de um passarinho? 

    Ao povo venezuelano a nossa solidariedade.

    Enquanto no Brasil estamos num caminho, não tão exagerado , mas parecido. 

    Tomara que Dilma não vá pedir conselhos para o amiguinho Maduro, seu companheiro de bolivarismo.

    Brasileiros e venezuelanos mereciam coisa melhor !!!

    Publicado por jagostinho @ 16:28



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.