Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 24fev

    DIÁRIO DO PODER

    JANOT JÁ PEDIU AO STF INQUÉRITO CONTRA AGRIPINO; JÁ NO PETROLÃO…
    NO PETROLÃO, 1 ANO SEM INQUÉRITO CONTRA GOVERNISTAS; JÁ AGRIPINO…
    Deflagrada há um ano, a Lava Jato não inspirou qualquer pedido de abertura de inquérito por Janot, que em 24 horas agiu contra Agripino

     

    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de abertura de inquérito para investigar o senador de oposição José Agripino Maia, presidente nacional do DEM.

    O parlamentar foi citado em delação premiada de empresário do Rio Grande do Norte na qual é acusado de ter cobrado propina de R$ 1 milhão para permitir um esquema de corrupção no serviço de inspeção veicular do Estado.

    O caso ganhou maior repercussão neste último fim de semana.

    Janot não agiu do mesmo modo – tão rapidamente – na roubalheira da Petrobras, por exemplo.

    Apesar de ter vindo à tona, há meses, o envolvimento no escândalo de políticos e funcionários ligados ao governo Dilma Rousseff, até agora o chefe da PGR não pediu abertura de inquérito contra nenhum deles.

    A delação premiada, feita pelo empresário George Olímpio, foi divulgada no domingo pelo programa Fantástico, da TV Globo.

    Como senador, Agripino Maia tem foro privilegiado e por isso cabe ao PGR pedir a abertura de inquérito ao Supremo. O caso foi distribuído à ministra Cármen Lúcia no STF, que deverá decidir se aceita ou não o pedido.

    O empresário George Olímpio, segundo promotores que acompanham o caso, teria montado um esquema envolvendo as principais autoridades do Rio Grande do Norte para aprovar uma lei que criava o sistema de inspeção veicular no Estado.

    A aprovação da lei, segundo a investigação, teria ocorrido sem obedecer os trâmites legais. O esquema de corrupção é investigado pela Operação Sinal Fechado, deflagrada em 2011.

    Procurado, o senador disse que desconhece o pedido de abertura de inquérito contra ele e disse estar “surpreso e perplexo”.

    Segundo Maia, o delator George Olímpio já tinha feito uma declaração em cartório desmentindo a denúncia contra o parlamentar.

    “Essa renovação de um mesmo fato a mim causa perplexidade. Essa acusação de uma doação de um milhão já tinha ido à PGR, mas tinha sido arquivada”, disse o senador.

    Ele também disse que fará hoje um discurso em sua defesa na tribuna do Senado.



    Publicado por jagostinho @ 15:09



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.