Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 29mar

    * Ossami Sakamori BlogSpot.com

     

    Desde o início do ano, venho chamando atenção dos leitores deste de que o quadro da economia brasileira, a situação vai agravar significativamente.O pior ainda está por vir. A forte desaceleração da economia está sendo admitido pelo próprio ministro da Fazenda Joaquim Levy.

    No entanto, a imprensa em geral e articulistas econômicos acompanhando a previsão do Joaquim Levy apontam encolhimento do PIB em torno de 0,5% em 2015.
    O Banco Central também ajustou a previsão da retração da economia para 0,5% para este ano. É o número que é consenso no mercado financeiro.Mas, isto é mais uma fantasia pregada pelo governo e admitido pelos incautos.

     
    No meu cálculo a retração do PIB do ano de 2015 deverá ser de 2,5%.
    Para não ter dúvida, estou a dizer que a projeção do desempenho da economia do País, vai ser de recessão ou retração em 2,5%.Dito em termo do cálculo matemático, Brasil terá em 2015, PIB negativo de 2,5% ou seja PIB de 2015 igual a (-) 2,5%. Estou a reprisar para não ter dúvida.

    No meu cálculo, já anunciado nas últimas matérias, o PIB negativo de 2,5% se deve a dois fatores principais.

    Vamos considerar para efeito de cálculo que o PIB do sistema produtivo como indústria, comércio e serviços, permaneçam estáveis, nos mesmos níveis de 2014.

    O que se prevê é que o setor público, em razão do ajuste, vai provocar uma retração, grosso modo, de 1%.

    Somado a isto os sistemas Petrobras, BNDES, cartel de empreiteiros e Fundos de Pensão, provocará retração na economia em mais 1,5%, sobretudo devido ao efeito da Operação Lava Jato.

    Até entendo o posicionamento dos agente públicos em fazer projeções otimistas para não agravar ainda mais o quadro da economia do País, mas não entendo o posicionamento dos articulistas econômicos e a imprensa em geral.

    Não entendo porque a imprensa não chama atenção para uma projeção da economia para 2015 com mais realismo.

    O quadro de caos econômicos que estamos a viver foi alertado por este blog, sempre na mesma linha de pensamento, desde fevereiro de 2012.

    Estamos a pagar sobretudo pelo erro sistêmico cometido pela equipe econômica do primeiro mandato da Dilma presidente.

    Na ocasião, com índice de aprovação da Dilma em 77%, fui duramente confrontados por estes mesmos articulistas econômicos que se aliam à nova equipe econômica.

    Portam-se maioria dos articulistas econômicos, formadores de opinião, como verdadeiros ventríloquos da equipe econômica comandada pelo Joaquim Levy da Fazenda e ex-diretor do Bradesco.Mesmo as poderosas entidades de classes como Federações das Indústrias, Federações do Comércio, CUT, Força Sindical e outras entidades representativas, não se pronunciam. Viraram todos capachos da Dilma presidente.

    Formou-se uma verdadeira corrente de puxa sacos que falam o que a Dilma presidente quer ouvir, mas nada que acrescente para melhorar o País.

    Não há como mudar a política de ajustes no meio do caminho, ou seja no curto prazo (nos próximos 12 meses), sob pena de tornarem nulas todas medidas tomadas e a tomar nos próximos meses.
    Dilma presidente teve que tomar atitude, senão colocaria o Brasil no rumo do “default” no médio prazo como já acontecera ao Portugal e à Grécia.O ajustes na economia deverá perdurar nos próximos 12 meses, no mínimo, para produzir algum efeito.

    Até lá, cerrem os dentes que recessão virá com força total.

     
    Numa situação de aperto monetário e de inflação alta, quem mais ganha dinheiro é o setor bancário.Não é por coincidência que o ministro da Fazenda e o secretário geral do Ministério, até assunção dos respectivos cargos, eram diretores do Bradesco.

    E o principal conselheiro da Dilma presidente em matéria econômica é o Luiz Carlos Trabuco Cappi presidente do Bradesco.

    É pura coincidência também que recém nomeado presidente do Conselho de Administração da Petrobras é o Murilo Ferreira da Vale é também indicação do Bradesco.

    Na essência, as minhas opiniões aqui postadas tem se materializado. Só errei mesmo no prognóstica da reeleição da Dilma para presidente da República.

    Eu apostava na eleição do opositor a ela. Até a questão aqui não é errar ou acertar. Não sou mago ou adivinhador do futuro.

    Faço meus cálculos baseados e interpreto as repercussões que cada medida do governo pode causar na economia.

    O importante é que os formadores de opinião, como vocês, saibam que existem contrapontos às notícias transmitidas pela imprensa e pelos articulistas econômicos de renome.Apertem os cintos que o Brasil vai viver recessão de 2,5% em 2015.

    #RenuncieDilma *Ossami Sakamori
    @SakaSakamori

    Engenheiro civil, 70, formado em 1968, pela UFPR. Foi professor da Escola de Engenharia da Universidade Federal do Paraná. Filiado ao PDT, não militante. Investimentos imobiliários, Mercado financeiro e Perito Judicial.



    Publicado por jagostinho @ 14:37



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.