Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 30abr

    VEJA.COM

    Câmara aprova pena de até três anos para quem matar animais

    Texto segue agora para análise no Senado. Projeto prevê, ainda, pena de até um ano para quem abandonar animais

     

    Cachorro sozinho em casa
    Câmara aprova prisão de até três anos para quem matar animais(VEJA.com/Thinkstock)

    A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira projeto que criminaliza atos violentos praticados contra cães e gatos.

    De acordo com a proposta, são penalizadas ações que atentem contra a vida, a saúde e a integridade física ou mental dos animais. O texto, agora, segue para análise do Senado.

    O projeto, de autoria do deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP), estabelece pena de um a três anos para quem matar um cão ou gato.

    Atualmente, a pena varia de três meses a um ano, além de multa, para quem praticar maus-tratos contra animais. Se a ação resultar na morte do bicho, a pena é elevada em até um terço.

    Originalmente, a previsão do novo texto era de cinco a oito anos de prisão, mas os deputados reviram a medida por avaliarem que a punição estava muito alta – poderia, em alguns casos, se igualar ao crime de homicídio, que varia de seis a vinte anos de cadeia.

    Em casos de eutanásia para processos “irreversíveis” e realizados de forma assistida e sem causar dor ao animal, não haverá punição.

    No entanto, se a morte do cão ou do gato for realizada sem comprovação de enfermidade infectocontagiosa ou para fins de controle populacional, a pena continua de um a três anos de reclusão.

    A punição será aumentada em um terço se o ato for cometido com o uso de veneno, asfixia, tortura ou outro meio cruel.

    O projeto também pune os agentes públicos que tenham por função preservar a vida dos animais e deixarem de prestar socorro ou não solicitarem socorro de autoridade pública a animais em risco. Nesse caso, a reclusão é de um a três anos.

    Há ainda a previsão de detenção de três meses a um ano para aqueles que abandonarem cães ou gatos ou colocarem em risco a vida, a saúde e a integridade física deles.

    Para a promoção de luta entre cães, a pena é de três a cinco anos de prisão.



    Publicado por jagostinho @ 17:21



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • andres gliteze sottomaior Disse:

    E quem dá tiro em professores também é besta humana? e os que ficaram na janela do palácio vibrando com os tiro, bombas e jatos de água nos professores são bestas humanas? será que Beto, Francischini, Traiano, Romanelli, Jusutus, Curi et caterva tem coragem de passear pelas ruas das nossas cidades sem segurança? será que seus familiares estão orgulhosos pela coragem que estes animais demonstraram ao ver os professores mal remunerados e sem planos de saúde serem agredidos? 4a feira houve o massacre, 5a feira estudantes voltaram ao local para apoiar os corajosos professores e hoje dia do trabalho mais de 5 mil pessoas foram ao Centro Cívico num ato de solidariedade. As manifestações só vão parar quando esses parias forem retirados do poder.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.