Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 14jul

    G1 -PR

     

    Temporal deixa pelo menos 19 feridos em Francisco Beltrão, no Paraná

     

    Segundo o Corpo de Bombeiros, 50 casas foram danificadas.
    Chuva e ventos fortes causaram destruição em várias cidade do sudoeste.

     

     

    Temporal atingiu cerca de 50 casas em Francisco Beltrão (Foto: Micheli Arenza/RPC)
    Temporal atingiu cerca de 50 casas em Francisco Beltrão (Foto: Micheli Arenza/RPC)

     

    Um temporal com chuva e ventos fortes deixou pelo menos 19 pessoas feridas na noite desta segunda-feira (13), em Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná.

    A tempestade, que começou por volta das 19h, atingiu cerca de 50 casas, conforme um levantamento preliminar do Corpo de Bombeiros.

    De acordo com o Instituto Simepar, há a possibilidade de que o temporal tenha sido, na verdade, um tornado que atingiu a região. Contudo, ainda não é possível confirmar essa informação.

    Dentre as 50 casas danificadas, pelo menos cinco foram totalmente arrancadas do lugar. Todas ficavam na área rural de Francisco Beltrão.

    A tempestade também arrastou carros e caminhões, derrubou árvores e postes e matou animais nas propriedades rurais.

    Além de Francisco Beltrão, há registros de estragos nas cidades de Barracão, Ampere, Santo Antônio do Sudoeste, Pranchita e Bom Jesus, todas próximas à fronteira com a Argentina.

    Durante a madrugada, equipes dos Bombeiros, do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), da Polícia Militar e da Defesa Civil devem auxiliar os moradores.

    Pela manhã, está prevista uma vistoria mais detalhada em toda a cidade, para que os estragos sejam avaliados de forma mais precisa.

    Nuvem funil
    Nuvem se dissipou com a chegada da chuva (Foto: Vanin Aparecido/ Arquivo Pessoal)

    Nuvem registrada durante a tarde desta segunda se dissipou com a chegada da chuva (Foto: Vanin Aparecido/ Arquivo Pessoal)

    Durante a tarde desta segunda, um morador de Realeza, também no sudoeste, havia registrado a formação de uma nuvem funil.

    A nuvem tem o formato semelhante à de um furacão, mas não toca o solo. Conforme o Instituto Simepar, as chuvas fortes já eram esperadas para toda a região nesta segunda.

    De acordo com o metereologista do Instituto Simepar, Samuel Braun, esse tipo de fenômeno é esperado na região por causa das condições climáticas.

    “Ela [a nuvem] é um estágio incial de um tornado, mas além de tocar o solo, ela tem que provocar destruição para se caracterizar um tornado. Porém, a condição meteorologica é favorável para esse tipo de evento”, explicou.

    O Simepar também informou que outras tempestades devem atingir a região a partir de quarta-feira (15).

    Acredita-se que o acumulado de chuvas que deve cair em algumas cidades possa passar de 100 milímetros.

    No caso de Francisco Beltrão, a média para todo o mês de julho é de 135 milímetros de chuva.

    Atualizado as 17: 40

    Assista o vídeo:



    Publicado por jagostinho @ 09:32



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.