Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 20jul

    BLOG DE FELIPE MOURA BRASIL – VEJA.COM

    Documentos aproximam Lula da cadeia

     

    Lula, depois de deixar a presidência, atuou em pelo menos duas ocasiões para beneficiar a Odebrecht.

    O Globo obteve os telegramas diplomáticos que desmentem a alegação de ambos de que a atividade do petista para a empreiteira se resumia a dar palestras no exterior.

    1) Portugal:

    2015-833967609-lula-em-portugal.jpg_20150717

    O embaixador brasileiro em Lisboa, Mario Vilalva, registrou a ação direta de Lula em favor da Odebrecht.

    “Repercutiu positivamente na mídia recente declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em entrevista à RTP no dia 27/04 último, no sentido de que o Brasil deve-se engajar mais ativamente na aquisição de estatais portuguesas.

    O ex-presidente também reforçou o interesse da Odebrecht pela EGF ao primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, que reagiu positivamente ao pleito brasileiro.”

    2) Cuba:

    lula e fidel

    Diz o jornal: “O encarregado de negócios brasileiros em Cuba, Marcelo Câmara, num telegrama de 3 de março de 2014, informa sobre a visita que Lula fez à ilha entre os dias 24 e 27 de fevereiro do mesmo ano. Resumo da mensagem:

    ‘Tema central de suas interlocuções foi a prospecção de iniciativas para aperfeiçoamento da matriz energética à zona especial de Mariel, e o reforço da cultura de soja no país’.

    Nessa viagem, ‘em atendimento a convite do governo local e com apoio do grupo COI/Odebrecht’, como descreve o documento, Lula foi acompanhado, entre outros, pelo senador Blairo Maggi (PR-MT) e pelo ex-ministro de Minas e Energia Silas Rondeau, que deixou o governo em 2007 acusado de receber propina para favorecer empresas com obras federais.”

    Tem mais:

    “Os documentos do Itamaraty registram ainda outras viagens de Lula a Cuba. Em junho de 2011, o ex-presidente foi recebido no hotel por Marcelo Odebrecht, presidente da empresa, e José Dirceu. ‘Em sua chegada ao hotel, Lula recebeu os cumprimentos do Senhor José Dirceu e do empresário Marcelo Odebrecht, Diretor-Presidente daquela construtora’, registrou o encarregado de negócios em Cuba na ocasião, Albino Poli Jr., em telegrama enviado para o ministério.”

    3) Zimbábue

    Brazil's President Lula da Silva greets Zimbabwe's President Mugabe during a food summit in Rome

    Outro telegrama revela que Lula abriu as portas do BNDES ao governo do Zimbábue, país africano governado pelo ditador Robert Mugabe, embora não fique claro se há ou não alguma ligação direta com obras da Odebrecht.

    O que está claro é que os documentos revelados pelo Globo aproximam Lula da cadeia por tráfico de influência, crime pelo qual o petista já está sendo investigado pela procuradoria do Distrito Federal.

    O Brahma não está numa fase boa, não.



    Publicado por jagostinho @ 11:43



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.